Por Esmael Morais

Doria foi “varrido” da Avenida

Publicado em 25/02/2017

“Ei, Doria, vai tomar no c…”, gritavam uníssonos os foliões nos desfiles da primeira noite das escolas de samba do Grupo Especial.

Doria pegou uma vassoura e começou a varrer a Avenida, mas acabou sendo “varrido” pelo público.

Como se vê, a pirotecnia e a enganação tem prazo de validade.

As vaias tomadas pelo prefeito paulistano servem de exemplo não só para tucanos, mas também para os gestores de outras agremiações.