“Bancada do Camburão” terá proteção especial da PM na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná

Publicado em 22 novembro, 2016
Compartilhe agora!

bancada_do_camburaoTemendo hostilidades de “perigosas” professoras e servidoras, os deputados que compõem a “Bancada do Camburão” condicionaram votar pelo calote da data-base, nesta terça (22) à tarde, à presença da tropa de choque da Polícia Militar na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná.

Na manhã de hoje, de acordo com um orelha seca na ALEP, dezenas de milicianos desembarcaram naquela Casa. Eles estão no subsolo do prédio no Centro Cívico, prontos para lançar bombas, gás de pimenta, cassetetes, tiros de bala de borracha e soltar furiosos cães contra quem ousar discordar da mensagem do governador Beto Richa (PSDB).

Depois os parlamentares governistas não querem fazer jus à fama…

Para quem não se lembra, em fevereiro de 2015, os deputados deram vexame internacional ao embarcarem num camburão para votar “escondidinhos” o confisco da poupança previdenciária dos funcionários públicos.

Agora, novamente, a “Bancada do Camburão” se prepara novamente para retirar direitos de 300 mil servidores da ativa e aposentados. Um horror que deverá pesar nas eleições de 2018, quando, segundo cálculos preliminares, ao menos metade dos 31 não volta à ALEP devido à associação com Richa.

O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo a sessão da ALEP, a partir das 14h30, quando os deputados fazem a primeira votação do 5º pacote de maldade do governo do estado.

Compartilhe agora!

Comments are closed.