Ruas não dão trégua a Temer: Diretas Já!

temer_foraBem antes da consumação do golpe no Congresso, o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, advertiu que os golpistas não teriam um dia sequer de trégua. Promessa feita, promessa cumprida, pois neste domingo (11) os movimentos sociais voltaram às ruas para exigir nova eleição direta para presidente da República.

Estima-se que 60 mil pessoas marcharam hoje pelas ruas centrais de São Paulo reivindicando Diretas Já e o fim do governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB).

A presidente Dilma Rousseff foi deposta há 11 dias e há onze dias — todos os santos os dias — ocorrem manifestações pela volta da normalidade democrática do país. A principal palavra de ordem na Avenida Paulista nesta tarde foi “se empurrar o Temer cai…”.

Como era de esperar, também houve repressão da PM ao movimento. Alguns jovens foram presos de forma arbitrária.

Nesta segunda-feira (12), os movimentos sociais voltarão às ruas pela cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) — comparsa no golpe e protegido de Temer no crime.

Abaixo, assista ao ato político na Av. Paulista:

As imagens são do MÍDIA NINJA.

Comentários encerrados.