Em nota de apoio a Gleisi, senadores do PT acusam Lava Jato de criminalizar seletivamente

gleisi_vs_renanA bancada do PT no Senado foi ao ataque, nesta quarta (28), por meio de nota, para defender a senadora Gleisi Hoffmann (PR) que ontem (27) foi transformada em ré no Supremo. “Gleisi sofre constrangimentos e perseguições pela criminalização seletiva, arbitrária e vazia de provas”, diz um trecho do documento.

Na nota, os colegas de parlamento ainda confirmam a combatividade de Gleisi, que desde a adolescência luta por um Brasil melhor.

Atualmente, testemunham, ela “se destaca como uma das mais aguerridas defensoras da soberania do voto popular e do Estado Democrático de Direito, agredidos pelo golpe e pela criação de um Estado de Exceção que ameaça o Brasil e sua cidadania”.

Abaixo, leia a íntegra da nota de solidariedade a Gleisi Hoffmann:

Nota Oficial

Senadores reafirmam apoio a Gleisi e lembram criminalização seletiva e sem provas

A Senadora Gleisi Hoffmann é uma das parlamentares mais combativas e brilhantes do Brasil, e tem dedicado a sua atividade pública à construção de um Brasil mais justo e inclusivo e à defesa da democracia.

Com efeito, na extraordinária trajetória histórica que resultou na eliminação da pobreza extrema em nosso País e na retirada do Brasil do Mapa da Fome da FAO, está a marca pessoal de Gleisi Hoffmann, que, desde a adolescência, vem lutando por uma nação que pertença a todas as brasileiras e a todos os brasileiros.

Nos últimos tempos, a Senadora Gleisi Hoffmann se destaca como uma das mais aguerridas defensoras da soberania do voto popular e do Estado Democrático de Direito, agredidos pelo golpe e pela criação de um Estado de Exceção que ameaça o Brasil e sua cidadania.

A Bancada do PT no Senado constata, com grande pesar, que a Senadora Gleisi sofre constrangimentos e perseguições pela criminalização seletiva, arbitrária e vazia de provas de doações transparentes e legais de campanha, num cenário no qual agentes e instituições do Estado comportam-se, muitas vezes, como cabos eleitorais a serviço das forças antidemocráticas que se apossaram do país.

A Bancada também constata, com pesar ainda maior, que, enquanto parlamentares honradas e transparentes como Gleisi Hoffmann são perseguidas, homens de riqueza oculta em paraísos fiscais desfilam, intocáveis, impunes, por corredores palacianos, desfrutando de um poder usurpado sem um único voto.

Mas a Bancada tem confiança na justiça e a certeza de que, passada a tempestade política e a névoa de ódio em que os golpistas submergiram o Brasil, a sábia lente do tempo mostrará, intacta, inocente, a doce e forte figura de Gleisi Hoffmann, um dos símbolos da infindável luta da mulher brasileira.

Brasília, 28 de setembro de 2016
Bancada do PT no Senado

Comentários encerrados.