Marcelo Araújo: No debate dos candidatos a prefeito em Curitiba, venceu o juiz

marcelo_debateO colunista Marcelo Araújo deixa a sua impressão sobre o primeiro debate realizado pela Band TV, encerrado na madrugada desta terça (23), com todos os candidatos à Prefeitura de Curitiba. “A exemplo do que aconteceu nas Olimpíadas, quando o brasileiro não tem time para torcer, torce pelo juiz”, diz o articulista ao destacar o mediador da contenda Douglas Santucci. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe o texto:

Download do áudio

Debate entre os candidatos

Marcelo Araújo*

Na noite desta segunda-feira, invadindo os primeiros minutos da terça-feira, realizou-se o primeiro debate entre os candidatos à prefeitura de Curitiba, transmitido pela rede Bandeirantes, tendo como grande destaque o apresentador/mediador o jornalista Douglas Santucci, o qual demonstrou muita segurança e tranquilidade na condução do debate. A exemplo do que aconteceu nas Olimpíadas, quando o brasileiro não tem time para torcer, torce pelo juiz!

O atual prefeito que concorre à reeleição deixou muito clara a ansiedade, sedento por justificar-se, dar explicações, procurou mostrar-se rico de informações e soluções, chegando literalmente a ‘babar’ de tanta vontade de falar. Ficou evidente que ele é o cara a ser batido, e o que agrada aos demais candidatos é que ele mesmo colabora para isso.

Um detalhe torna o debate pitoresco. Caso o atual prefeito Gustavo do PDT tivesse se licenciado para a campanha quem assumiria o cargo seria a vice Mirian Gonçalves do PT. Ocorre que o PT tem candidato próprio Tadeu Veneri o qual é forçado a desmentir, corrigir e conter, respectivamente as afirmativas e promessas exageradas e inviáveis, o que expõe contradições que saem das quatro paredes. Como ele disse, vender terreno na Lua traz dificuldade para tomar posse!

No judiciário alguns episódios não menos pitorescos. O Secretário de Governo Ricardo MacDonald move ação contra o candidato Rafael Greca para revogar sua aposentadoria e tentar colar a alcunha de fantasma do cargo na prefeitura quando cedido ao Senado.

Só faltava o Greca acusar seu algoz de fantasma quando sai no meio do expediente para organizar a bela cabeleira, como habitual e periodicamente o faz.

A Secretária de Trânsito não tem tido muito sucesso na sua tentativa de me acusar de calúnia e difamação por ter supostamente falado num programa de televisão que haveria uma cota de multas a ser alcançada.

O Ministério Público acaba de lhe dar uma tarracada, tanto por ilegitimidade quanto preclusão, além de absoluta falta de elementos do que alegou. Obviamente merece responder por Denunciação Caluniosa, como estou pedindo agora (Autos:0031700-87.2015.8.16.0182 do 2º Juizado Criminal).

Para finalizar um passarinho me contou (e não sei se é verdade) que o funcionário público estadual Celso Nascimento teria se sentido ameaçado porque eu teria ido no Museu da Imagem e do Som, prédio público na Barão do Rio Branco, ao ponto de ter registrado um Boletim de Ocorrência. Se isso for verdade (o B.O.) finalmente me seria dada a oportunidade de sentar na frente de um covarde e mentiroso que se sente ameaçado até pela própria sombra. Celso, fique tranquilo, não te faria mal e sei respeitar filas.

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas terças-feiras para o Blog do Esmael.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Perde o povo. Qualquer um desses, caso eleito, nos deixará mais 4 anos no vazio, assim como fez o nosso atual prefeito-fantasma.

  2. A classe artística e musical, sempre lembrada nos debates políticos quando querem se eleger, mais abandonados nos boteco, e nas madrugadas perseguidos, por policiais e pela própria prefeitura, quando o volume do som se excede um pouco, essa mesma prefeitura, e esses mesmos policiais que cagam e andam para os escapes estrondosos e escandalosos das motos dos playboys que parecem que vão derrubar os prédios quando passam, COMPARAÇÃO DE TRATAMENTOS SIM!

    Passado o processo eleitoral, somos esquecidos. AH mais e lei Rouanet???? A lei Rouanet meu caro, é para os apaniguados, os amigos, os artistas da globo, já fui enrolado por esses caras, conheço bem, não existe ação nenhuma para classe musical, essa que fomenta a cidade de verdade, o musico operário, que toca na noite, que ajuda gerar empregos, que enche bares, botecos e restaurantes nunca foram lembrados, foram sim sempre perseguidos, o Largo da Ordem foi point da noite de Curitiba nos anos 80 e inicio de 90, por seus bares e choperias com musica ao vivo, chegavam passar até 30.000 pessoas por final de semana no local, mais um determinado Prefeito gosta muito de falar de Cultura, assumiu Curitiba e retirou a policia de lá, e deixou que a marginália, comandasse a região, para logo na sequencia justificar o fechamento dos Bares, e transformar em saletas de exposições de quadros, jogados ao abandono de meia duzia de visitantes diários, cultura para elite, para grupelhos de fofos, vamos começar calcular quem é quem nesse jogo, quem tem arte de verdade, quem reúne público, quem gera dividendo e emprego para cidade, sou músico a 30 anos em Curitiba, a balela e a mesma, ao candidato RAPAEL GRECA não me faça lembrar de coisas que eu já tinha esquecido.

  3. Você ainda acredita na justiça???????????????????????????????.

  4. As olimpíadas já e do passado,o golpe dos golpistas continua,mas as articulação politicas dos corruptos laranjas já estão nas ARENAS das ruas e no interior…neste fim de semana estive no interior de BITURUNA comprando vinho e lá ouvi as articulação dos laranja ja atuando na compra de votos(o grupo do prefeito e do deputado cabessabranca doando dando em troca de favores político jogos de CAMISA de times)sera que mais uma vez a justiça ELEITORAL nada vai fazer…acorda justiça o jogo sujo já esta articulando mercado interno quente.

  5. Para Bituruna isso não e novidade dizem que alem de ser terra do vinho,também a terra das ELEIção,quem ganha desta vez fica até quando,terra de Rossoni,vergonha.

  6. vamos lá Requião filho,forte como sempre querem julgar a todos por todos os fracasso de todos,entre os novatos não tem como não ficar com Requião filho.

  7. Curitiba merece. Entre maus não há um bom a ser escolhido.

    Em São Paulo os únicos bons que passaram pela prefeitura em vinte anos foram Erundina, Marta e Hadad. São candidatos.

    Unanimidades até entre adversários que não se atrevem a acusá-los de corruptos. Embora discutam suas diretrizes. (Vale dizer que Marta é essencialmente PT, embora tenha enfiado o pé pelas mangas. )

  8. Incrível como as mesmices de sempre voltam a tona. Promessas e mais promessas de soluções imediatas para problemas jurássicos. As mesmas falas de tempos: “Eu farei”; “Eu sei como fazer”; e na real sabemos que teremos mais 4 anos de mi…mi…mi… e blá…blá…blá… Dá nojo de ver as caras e bocas de intelectual da Patty Mª Vic. Não consegue dar uma resposta com profundidade. Também, sua especialidade é “moer” a grana que recebe como Deputs, no Shopping, nos fds. O menos pior, e nem sou apartidário de nenhum dos partidos ali representados, era o Sr. Veneri. Mas tá queimado pelo partido que representa. Seu Grega com seu absolutismo escrachado. De quem conhece a cidade, mas que só atrai votos da 3ª idade e de uns católicos mais fervorosos. Seu Fruet mané chorão como sempre. Nunca vi tamanhas inverdades, quando fez o mesmo discurso da primeira vez. Era a salvação da lavoura. Acreditou-se e, logo em seguida, a máscara caiu. Neyzinho pomposo e arrogante. Foi exonerado com seus seguidores, pelo Playbeto quando traiu o “táta” no episódio campal dos Profs. Faz papel de menino irritado, atirando pra todo lado e, mostrando-se consciente com os problemas a serem enfrentados. kkkk… É o cúmulo da ironia. Requião Jr – esse é fora de propósito o mais pior. Discursinho pronto, colado da palma da mão. Que decorou na frente do espelho. Que lástima. Os demais coitadinhos babaovos, na hora H, vão amarelar e se voltar pra quem estiver melhor colocado, na busca de carguinhos comissionados que sempre molham a mão deste ou aquele mais volúvel. Ou seja, todos. Mais uma eleição sem qualquer fundamento. Acho mesmo que peguei nojo.

  9. O debate foi xoxô demais , o mauricinho e a mariazinha pareciam que estavam na creche que o fruet não fez, o greca deu uma de bom moço o ney ficou nervosinho com o greca pela pegadinha da luz, o tadeu ficou muito apático e jogando confetes no fruet a xênia ergueu uma bola que todos cortaram o adenar e o cara do prb tá cara que são laranjas de candidatos maiores, o gustavo só chorava ficava se cuspindo foi uma nojeira

    • Não voto em partido golpista, que não cumpre o que está na lei, ataca direitos em vez de ampliá-los e garanti-los, e sufoca o funcionalismo público, quem apoia isso inclusive a PEC 241 NÃO TEM MEU VOTO SEJA PRA QUE FOR.