Globo censura Lula e Dilma antes, durante e depois da Olimpíada Rio 2016

Lula_Dilma_Olimpiada_Censura_GloboO monopólio da Rede Globo se fez sentir durante os Jogos Olímpicos que terminaram ontem (21) no Rio de Janeiro. A emissora censurou a presidente eleita Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva antes, durante e ainda depois continua apagando-os da realização da competição.

No início da Olimpíada, o interino Michel Temer (PMDB) determinou manifestações com cartazes de Fora Temer nas arenas e estádios. De tão esdrúxula esse ataque à liberdade de expressão, rapidamente a ordem caiu perante a Justiça Federal.

Embora Globo e Temer tenham feito de tudo para censurar as denúncias em relação ao golpe de Estado e ao êxito da competição no Rio, atletas medalhistas não deixaram de mencionar o papel dos governos Lula e Dilma para este que foi melhor resultado do país em Olimpíada.

O Brasil ficou em 13° lugar no quadro geral de Rio 2016, mas a Globo deu um jeitinho para censurar até o “treze” que é o número do PT na urna eletrônica.

Abaixo, assista ao discurso de Lula após a escolha do Rio em outubro de 2009:

Comentários encerrados.