Para franceses, Brasil agora é refém de “corrupto, lobista e traidor”

renan_temer_cunhaO escritor e jornalista francês, Gilles Lapouge, em sua coluna no Estadão, registrou nesta sexta (13) a impressão que os franceses têm dos novos governantes brasileiros — leia-se Cunha, Renan e Temer, respectivamente — depois de consumado o golpe contra Dilma: “corrupto, lobista e traidor”.

“Cunha, um político corrupto. Renan Calheiros usava um lobista para pagar pensão para sua amante grávida, e se Temer é um homem bonito, elegante, polido, de onde saiu? Era vice-presidente de Dilma! Bom, a pergunta então era esta: ‘seria ele um traidor?’”, escreveu o conservador Gilles para o Estadão.

Com base no testemunho de Gilles Lapouge, tem-se a certeza de que a Europa tem mais consciência que o Brasil foi tomado de assalto na quinta (12).

A seguir, leia a íntegra da coluna:

Fato consumado

por Gilles Lapouge, no Estadão (13/05/2016)

Fato consumado. Dilma caiu. O que nos deixa aturdidos. Deus bem sabe que nós, franceses, somos dotados para a incoerência política, as mentiras de Estado, as traições, as ideologias em debandada, os falsos arrependimentos.

Pois bem, os brasileiros nos deixaram estupefatos. Em comparação com os parlamentares do Planalto, Sarkozy e mesmo Hollande são transparentes como vidro. A cada dia, lendo os últimos capítulos da telenovela, dizemos: “Bravo, artista”.

É sobretudo o suspense e os acontecimentos inesperados que nos deixam fascinados. A cada dia uma revelação: no início todos os franceses se revoltaram com essa Dilma que, não contente em ser um “zero”, esgotou os cofres do Estado. Admiravam, pelo contrário, os corajosos, os generosos, os puros, que deviam abatê-la.

No decorrer dos dias o quadro mudou. Sim, ela cometeu as “pedaladas”, mas seus inimigos eram do mesmo estofo, talvez piores. Cunha, um político corrupto. Renan Calheiros usava um lobista para pagar pensão para sua amante grávida, e se Temer é um homem bonito, elegante, polido, de onde saiu? Era vice-presidente de Dilma! Bom, a pergunta então era esta: “seria ele um traidor?”;

Disseram também que Temer é chamado de “ejaculador precoce”, mas não entendemos a razão.

Um jornal francês citou este provérbio africano: “quando queremos subir no coqueiro é bom nos certificar de que nosso traseiro está limpo”.

Neste teatro de sombras a imprensa francesa não ajudou muito a distinguir entre traidores e traidores. No início era globalmente hostil a Dilma, a Lula (que tanto admirava antes) e ao PT. Mesmo os jornais de esquerda passaram ao ataque. E em seguida observamos a mudança. Mas aí então, novo paradoxo: o primeiro jornal a expressar dúvidas quanto à genialidade e pureza de Cunha e outros foi o jornal de direita Le Figaro, porta-voz do empresariado.

Em compensação, o jornal da esquerda elegante e erudita, o Le Monde, continuou reticente com relação a Dilma, a ponto de precisar publicar um longo artigo para se desculpar diante de tantas cartas de indignação enviadas pelos leitores. “Por que o Le Monde tem de se juntar ao coro monocórdio da mídia brasileira?”. Ou perguntando por que o jornal se referia à presidente brasileira com desprezo. Depois dessas críticas, o jornal retificou seu discurso.

A revista de direita L’Express também forneceu um quadro atenuado. Não foi terno com Dilma, sua obstinação, seus erros, mas destacou sobretudo o peso da conjuntura mundial, o que é evidente. Em seguida fez uma tipologia dos inimigos de Dilma: “Entre os partidários da destituição de Dilma está um belo grupo de hipócritas, atingidos por inquéritos judiciais por corrupção. Para eles, trata-se de uma operação de dissimulação maciça de suas torpezas”.

E ainda segundo o L’Express, como o tecido democrático é frágil, “a cólera é dirigida contra os únicos dirigentes expostos ao veredicto popular, ou seja, os líderes políticos, ao passo que o banqueiro e o empresário corrompidos escapam à responsabilidade que teriam de assumir”.

Abordamos esse assunto porque a França vem fazendo uma imagem sombria do futuro do País. Se uma dirigente nula, longe da realidade e do povo, áspera e arrogante, cedesse seu assento a gênio ou simplesmente a indivíduos de boa vontade poderíamos esperar que este novo poder, apoiado por uma opinião pública encantada e inflamada salvará o país do abismo. Mas se, como diz o L’ Express, a herança corrompida de Dilma ficar nas mãos de corruptos, medíocres e especialistas na prática de atos infames, então realmente há razões para nos inquietarmos.

Felizmente, o Brasil já demonstrou muitas vezes, e há apenas 31 anos, que, quando precisa escolher caminhos duvidosos é capaz de se recuperar, ao passo que outros países se dão por vencidos. / TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINO

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to mention I am just beginner to blogs and actually liked you’re web site. More than likely I’m want to bookmark your website . You actually have superb articles. Appreciate it for sharing with us your web site.

  2. Traidor? Não!!!
    Ele é informante dos EUA! Se fosse o contrário, os estadunidenses diriam que ele é espião. Mandariam pra Guantanamo.
    Bendito wikileaks!!!

  3. Eu moro na França, e a sensação aqui é de que o Brasil desceu à condição de República das Bananas. O povo francês passou a ter grande respeito pelo Brasil nos governos de Lula e de Dilma porque esses governos tiraram milhões da miséria absoluta e criaram políticas públicas para a maioria da população. Ficaram surpresos com as notícias que chegam aqui porque os jornais divulgavam apenas notícias da grande imprensa. Os brasileiros da França, eu inclusive, protestamos e solicitamos que eles fossem ao Brasil ouvir os dois lados. Foi o que fizeram e hoje a população começa a se conscientizar do que realmente está acontecendo no Brasil. Já tem partido que declarou repúdio ao golpe. Mas o problema maior é que é difícil para o povo francês compreender todas as tramas que envolvem o golpe e isso a maioria dos brasileiros também tem dificuldade. Perguntar para um brasileiro o que são pedaladas ou antecipações de crédito… quem responde? Essa faz parte da trama do golpe: o desconhecimento das razões do golpe. Ao misturarem corrupção com crise, a população tem a sensação de que essa é a razão da saída da Dilma. Essa era a visão que tinha aqui na França também, pois os meios de comunicação se baseavam nos grandes jornais do Brasil e na Globo. Agora todo o mundo começa a descobrir as verdadeiras tramas para a tomada do poder sem voto.

  4. É golpe. Não há dúvida. A questão é: Como fomos deixar acontecer isso com a democracia?? Não há legitimidade. Não se muda da esquerda ora direita sem o povo dizer. Não tava bom com Dilma, mas uma presidente que não agrade uma parte da população não pode ser jogada pra fora por bandidos

  5. Os franceses traduziram ao pé da letra o conceito de CLT desse covil – Corrupto, Lobista e Traidor!!!

  6. O TJ de MG se achando no direito de dar golpe, ao exemplo do Supremo.Viomundo.
    Socorro.

  7. A reportagem menciona as empresas e empresários que têm seus crimes e responsabilidades ocultos no episódio… é verdade mesmo, mas destaque a ser dado para a MÍDIA Brasileira – que são empresas do segmento da comunicacão, super corruptas e que orquestraram o golpe no Brasil. A Revista Veja e a Rede Globo (as principais entre outras) construiram um ano e meio de ódios até resultar no golpe.

  8. Não é só na França. É na Alemanha, na Espanha, na Inglaterra, em Portugal…
    E a imprensa golpista esconde esses fatos da população brasileira. Ou melhor, esconde dos bitolados coxinhas.

  9. O interino traidor não terá paz nesses 180 dias.Dilma poderia estar com popularidade baixa,mas esse interino está sem nenhuma legitimidade.A Dilma saiu nos braços do povo.o interino despachou pelos fundos.

  10. Hera themer vamos receber muitos títulos desta natureza com grandes elogio,temer nem começou e já supera DILMA em grandes elogio do mundo todo,um governo de golpistas.

  11. Não tem como não ter * 2 dois brasil **,o brasil dos golpistas e bem diferente, do brasil que sempre foi um pais com diferenças históricas um povo explorado e sempre enganado com IMPUNIDADES e corruptos de colarinho Branco ficha limpa a verdade e que a muitos BRASIL dentro do mesmo brasil.

  12. Vcs acham que investidores vão fazer negócios com esse tipo de gente? Só se venderem o Brasil por preço de banana …

  13. Isso e democracia golpista não fazemos parte destes golpistas sem votos popular para ser GOVERNO,PARA O MUNDO UM BRASIL DE GOLPISTAS,estes não nos representa.

  14. O que os “heroicos” deputados paranaenses teriam a dizer a respeito desse texto? E o que diriam os corajosos, generosos e puros paneleiros que foram às ruas de dia e batiam panelas à noite? E como o “ejaculador precoce” poderá ir à França representar o Brasil depois que os franceses terem lido esse texto?

  15. Esmael, “a impressão que os francês”? “franceses”!