Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

“Sem terra são mortos em emboscada da PM de Beto Richa”, acusa MST

Dois trabalhadores sem-terra foram mortos pela Polícia Militar, nesta quinta-feira (7), no acampamento da Araupel, localizada entre os municípios de Quedas do Iguaçu e Rio Bonito do Iguaçu, no Centro-Sul do Paraná; entidades do movimento social da região informaram ao Blog do Esmael que pistoleiros amparados pela Polícia Ambiental fizeram emboscada contra integrantes do MST; Polícia Militar do governador Beto Richa (PSDB) informou que fora recebida a tiros quando estava desobstruindo uma estrada; esta semana, novo chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), estivera na localidade semana passada com o intuito de "negociar a reintegração" da área. Acompanha o tucano o secretário da Segurança, Vagner Mesquita; deputado estadual Requião Filho (PMDB), ao Blog do Esmael, disse que era uma tragédia anunciada. "O governo forçou a mão ao tensionar e usar politicamente a força de repressão. A situação tende a piorar ainda mais”, disse o parlamentar.

Dois trabalhadores sem-terra foram mortos pela Polícia Militar, nesta quinta-feira (7), no acampamento da Araupel, localizada entre os municípios de Quedas do Iguaçu e Rio Bonito do Iguaçu, no Centro-Sul do Paraná; entidades do movimento social da região informaram ao Blog do Esmael que pistoleiros amparados pela Polícia Ambiental fizeram emboscada contra integrantes do MST; Polícia Militar do governador Beto Richa (PSDB) informou que fora recebida a tiros quando estava desobstruindo uma estrada; esta semana, novo chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), estivera na localidade semana passada com o intuito de “negociar a reintegração” da área. Acompanha o tucano o secretário da Segurança, Vagner Mesquita; deputado estadual Requião Filho (PMDB), ao Blog do Esmael, disse que era uma tragédia anunciada. “O governo forçou a mão ao tensionar e usar politicamente a força de repressão. A situação tende a piorar ainda mais”, disse o parlamentar; abaixo, ouça o áudio de apoiadores dos sem terra informando sobre a emboscada.

Faça o download do áudio

Dois trabalhadores sem-terra foram mortos pela Polícia Militar, nesta quinta-feira (7), no acampamento da Araupel, localizada entre os municípios de Quedas do Iguaçu e Rio Bonito do Iguaçu, no Centro-Sul do Paraná.

Entidades do movimento social da região informaram ao Blog do Esmael que pistoleiros amparados pela Polícia Ambiental fizeram emboscada contra integrantes do MST.

No entanto, a PM do governador Beto Richa (PSDB) informou que fora recebida a tiros quando estava desobstruindo uma estrada.

Policiais colocam esse confronto na conta do novo chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), que esteve na localidade semana passada com o intuito de “negociar a reintegração” da área. Acompanha o tucano o secretário da Segurança, Vagner Mesquita.

O deputado estadual Requião Filho (PMDB), ao Blog do Esmael, ficou muito triste com o ocorrido porque, segundo ele, a situação estava sendo contornada nos últimos meses. “O governo forçou a mão ao tencionar e ao usar politicamente a força de repressão”.

Desde 2014 cerca de 2.500 mil famílias sem terra montaram um acampamento na Araupel, reivindicando a desapropriação da fazenda para fins de Reforma Agrária.

Comentários desativados.