Impeachment contra o ministro

Marco Aurélio

O Movimento Brasil Livre entrará nesta quarta-feira com um pedido abertura de impeachment contra o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. Para Oscar Vilhena, da Folha de S. Paulo, ao determinar que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), dê andamento ao pedido de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer (PMDB), o ministro causou perplexidade e exacerbou o individualismo reinante no STF.
Como se vê, e basta lembrar o que aconteceu no julgamento da candidatura do prefeito de Maringá, Carlos Roberto Pupin (PP), no TSE, o negócio de Marco Aurélio é mesmo vice.

Fonte: Ângelo Rigon

Comentários encerrados.