Requião anuncia para as 18h “degola ao vivo” de 4 deputados infiéis

No Paraná, a degola de deputados infiéis ao PMDB será televisionada; senador Roberto Requião, presidente do partido no estado, anunciou para as 18 horas desta segunda-feira (29) nova sessão de expurgo; estão no “bico do corvo” quatro deputados, prefeitos, vereadores e diretórios municipais que fizeram campanha à reeleição do governador Beto Richa (PSDB) em detrimento da candidatura própria peemedebista em 2014; a “carnificina” será transmitida ao vivo pelo Blog do Esmael em parceria com a TV 15.

No Paraná, a degola de deputados infiéis ao PMDB será televisionada; senador Roberto Requião, presidente do partido no estado, anunciou para as 18 horas desta segunda-feira (29) nova sessão de expurgo; também estão no “bico do corvo” quatro deputados, prefeitos, vereadores e diretórios municipais que fizeram campanha à reeleição do governador Beto Richa (PSDB) em detrimento da candidatura própria peemedebista em 2014; a “carnificina” será transmitida ao vivo pelo Blog do Esmael em parceria com a TV 15.

O senador Roberto Requião, presidente estadual do PMDB do Paraná, ao Blog do Esmael, anunciou que realizará na noite desta segunda-feira (29), a partir das 18 horas, “degola ao vivo” de quatro deputados que foram “infiéis” nas eleições de 2014.

A reunião da executiva estadual peemedebista será transmitida ao vivo pelo Blog do Esmael em parceria com a TV 15.

O dirigente adiantou que “não dá para adiar mais essa decisão”, por isso, ele próprio [Requião], formalizará na noite de hoje pedido de expulsão dos deputados Alexandre Curi, Artagão Júnior, Jonas Guimarães e Luiz Cláudio Romanelli.

Os quatro parlamentares que serão enviados ao cadafalso no começo desta noite fizeram campanha pela reeleição do governador Beto Richa (PSDB), em detrimento da candidatura própria ao Palácio Iguaçu.

Na semana passada, Requião chegou a dizer que não teria cabimento o PMDB ter, ao mesmo tempo, a liderança da oposição e do governo na Assembleia Legislativa do Paraná.

Além de expurgos de parlamentares, o senador também dará prosseguimento à “faxina” de prefeitos, vereadores e diretórios municipais que foram infiéis em 2014.

Entretanto, os quatro deputados que estão no “bico do corvo” podem deixar o partido pela “janela da infidelidade”, que ficará aberta até o próximo dia 18 de março, sem que sejam penalizados com a perda dos respectivos mandatos.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Requião, faltou o Stephanes Jr.!

  2. QUERIA SABER POR QUE CARGAS D’AGUA O PMBD AINDA NÃO EXPULSOU EDUARDO CUNHA????

  3. Essa faxina já passou da hora de ser feita. É uma vergonha para o verdadeiro PMDB agregar esses deputadinhos sem postura que só sabem dizer Amém às vontades do Beto Richa. Acho que seria mais digno esses deputados aproveitarem a janela para sair. Vão tucanar em outro lugar, não no nosso PMDB de Guerra, como diz Requião

  4. ArCAGÃO da bancada do camburão?!

  5. Pensa que o PMDB é dele. Só dá ele próprio e o filho nos horários políticos. Meu ex-colega Nereu, mais o Anibellinho Neto, e os outros,se quiserem buscar espaço, que se virem…

  6. O Leitão Jr já tá babando ovo do PPS. Dê-lhe churrasco!

  7. Vai Requião.Limpe a casa. Envie uma cópia a cada um que não tenha lido o código.

  8. Politico para mim nem deveria ser eleitos e sim as pessoas que queiram exercer seu direito de opinar na administração pública que o façam como voluntárias, assim o estado não terá a incumbência de os remunerar, de manter as suas mordomias e ainda a povo ter que aguentar estes profissionais da política fazendo riquezas e deixando o povo cada vez mais sem saídas para sobreviver. Se isso não mudar o Brasil, Paraná e Curitiba, nunca irão melhorar.