Janot terá coragem de denunciar Aécio ou vai “afrouxar a tanga”?

O procurador da República, Rodrigo Janto, chefe do Ministério Público Federal, terá coragem de denunciar Aécio Neves (PSDB-MG) ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou vai "afrouxar a tanga" para o tucano?

O procurador da República, Rodrigo Janto, chefe do Ministério Público Federal, terá coragem de denunciar Aécio Neves (PSDB-MG) ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou vai “afrouxar a tanga” para o tucano?

Pela segunda vez em menos de dois anos, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) figura em delações como beneficiário de corrupção investigada pela Lava Jato.

O tucano “debutou” na delação do doleiro Alberto Youssef, em 2014, quando o senador foi apontado como beneficiário direto de um mensalão pago por meio de Furnas.

Agora, novamente, Aécio apareceu numa segunda delação. Desta vez, do maleiro Carlos Alexandre de Souza Rocha, que fazia entrega de dinheiro em nome de Youssef. O presidente do PSDB teria sido o destinatário de R$ 300 mil.

Enfim, a pergunta que não quer calar: o procurador da República, Rodrigo Janto, chefe do Ministério Público Federal, terá coragem de denunciar Aécio ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou vai “afrouxar a tanga” para o tucano?

A seguir, leia matéria no Brasil 247:

BIS DE AÉCIO NA LAVA JATO TESTARÁ CRITÉRIO DE JANOT

Numa de suas delações premiadas, feitas em 2014, o doleiro Alberto Youssef, afirmou que seu padrinho na política, o ex-deputado José Janene, do PP, dividiu uma diretoria em Furnas com o senador Aécio Neves. Por meio dessa diretoria, ocupada pelo tucano Dimas Toledo, pagou-se, durante o governo FHC, um mensalão a diversos deputados federais.

Na delação, Youssef afirmou que ia constantemente a Bauru (SP) receber recursos da ordem de US$ 100 mil mensais em nome de Janene – o dinheiro era pago por meio da Bauruense, uma fornecedora de Furnas. Ele afirmou ainda que Aécio seria beneficiário desse esquema. As afirmações foram feitas tanto na delação (leiaaqui) como no Congresso (leia aqui).

Essa denúncia só veio a público quando o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu pediu o arquivamento da investigação relacionada a Aécio. Nela, Janot fez uma ressalva. Disse que o caso poderia ser reaberto se surgissem novas evidências relacionadas ao tucano.

Nesta quarta-feira, o nome de Aécio apareceu numa segunda delação. Desta vez, do maleiro Carlos Alexandre de Souza Rocha, que entregaria dinheiro em nome de Youssef. Rocha afirmou ter levado um pacote de R$ 300 mil para um diretor da empreiteira UTC no Rio de Janeiro, chamado de “Miranda”, que teria como destinatário final o senador tucano.

Chico e Francisco

Diante da nova acusação, que Aécio diz ser “fantasiosa”, o procurador Janot será pressionado por parlamentares governistas a reabrir o caso sobre o tucano. Até porque ele próprio sinalizou que seu lema, no comando do Ministério Público seria “pau que bate em Chico também bate em Francisco”.

Um caminho óbvio e natural de investigação foi indicado pelo jornalista Fernando Brito, editor do Tijolaço. “Miranda, que é apontado pelo próprio Ministério Público como o responsável pelos “acertos” de propina com o PMDB na obra de Angra 3, seria, por óbvio, o próximo passo de qualquer investigação séria. Mas Miranda, ao que se saiba, não foi preso nem deixado mofar na cadeia até que entregasse os chamados ‘agentes políticos’, é claro”, diz ele (leia aqui).

Ontem, em seu Facebook, Aécio postou a seguinte mensagem: “O que vai nos tirar dessa crise é a solidez das nossas instituições. O PSDB está ao lado da Justiça brasileira, do Ministério Público, da Polícia Federal e do Congresso Nacional, na defesa da democracia e do retorno da ética como instrumento de ação política”.

A bola, agora, está com Janot.

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Visuabilizando o modus operandi de Janot, tenho a absoluta certeza

  2. SE O PROCURADOR NEGAR FOGO NESTE EMBATE COM O SENADOR DO PÓ, SERIA MUITO MAIS DÍGNO ELE PEGAR SEU PANOS DE BUNDA E SE APOSENTAR! ELE SE FIZER ISTO, DEIXANDO O “OMI DO PÓ” ILESO, MERECE DESFILAR EM VIA PÚBLICA NU, VISTO QUE DE HOMEM NADA TEM! ACHO QUE ELE NÃO SERÁ TÃO COVARDE ASSIM, EMBORA NOS GOVERNOS LULA E DILMA SÓ HONRARAM O CARGO O PROCURADOR (“RISADINHA”)FALO DE FONTELES, OS QUE O SURGIRAM DEPOIS DELE, NÃO VALEM UM CENTAVO FURADO!

  3. Só mais um socialista, como muitos outros, recebendo dinheiro ilícito….. o que tem de novidade ou espantoso nisso?

  4. Aécio Não findará o primeiro bimestre do ano vindouro em liberdade, a cadeia canta antes. O Japa da Federal já agendou a escolta, não só pra ele, como também para uma dúzia de coxinhas, dissimulados e ladroes.

  5. Nem phodendo. Ele é tucano do mesmo partido do aebrio Neves . Tucano tem penas de aço. Blindados pela PF, MP, judiciário e mídia podre.

  6. Aecio, Richa, Alckim e Serra, ratos de nossa “elite branca”, podem fazer o que quiser, não serão investigados, pois não são do PT.

  7. Os procuradores da lava jato junto com um tal Juiz moro são uma cambada de cagao só fala grosso com petista.veja o exemplo do gângster do cunha e sua quadrilha incluindo ai a sua família. Quanto ao aecinho pó o nove do safado já tinha vazado na lista de furnas agora de novo.mais a nossa injustiça tem lado. O lado da imprensa golpista e poderosos.então não vem ao caso denunciar o bebê chorão do piloto do golpe.bando de safados

  8. Tenho quase certeza que Janot cagou nas calças de medo de denunciar Aécio: o protegido!!!!

  9. Ele já engavetou a delação que tratava da Lista de Furnas, que é recheada de documentos comprobatórios. Imagina essa nova. Vai sentar em cima, sem a cobrança da mídia, claro.
    Por isso que asa 10 iniciativas do MPF são inócuas. Dependem da boa vontade de querer investigar e julgar.
    A direita pode tudo.
    Os juízes e procuradores são seletivos.

  10. Não. Não terá coragem.

  11. Vamos ver se o Janot tem coragem de enfrentar o capitão do mato ou dá uma de “não vem ao caso” para esconder eventual covardia.