Traiano contesta RPC TV: ‘Cafezinho da Assembleia custou 30% mais barato’

Deputado Pastor Praczyk acusou da tribuna, na semana passada, a RPC TV de levantar falsa polêmica acerca do preço do cafezinho servido na Assembleia; presidente da Casa, Ademar Traiano, anunciou ontem (20) economia de 30% após concluir compra do produto.

Deputado Pastor Praczyk acusou da tribuna, na semana passada, a RPC TV de levantar falsa polêmica acerca do preço do cafezinho servido na Assembleia; presidente da Casa, Ademar Traiano, anunciou ontem (20) economia de 30% após concluir compra do produto.

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), declarou guerra à RPC TV — afiliada da Globo — acerca do preço do sagrado cafezinho.

Na semana passada, o telejornal Paraná TV 2ª edição da emissora exibiu uma reportagem questionando os custos que seriam pagos em produtos como café, açúcar, refrigerante e suco que serão comprados por meio de um processo licitatório realizado na última segunda-feira (20).

Segundo Traiano, a Assembleia economizou 30% em relação ao preço máximo estipulado no pregão presencial realizado no início desta semana.

Também na semana passada, o deputado Pastor Edson Praczyk (PRB) desceu o chinelo na RPC TV. O parlamentar acusou a emissora de demonizar os políticos ao lançar suspeição no preço do cafezinho servido na Assembleia.

Praczyk usou a tribuna da Assembleia para puxar a orelha da emissora de TV:

“Como a RPC pode fazer campanha para que as mulheres e minorias participem da política quando ela mesma se encarrega de forçar matérias com o único objetivo de lançar suspeitas sobre todos os políticos?”.

“Toda a sociedade sai perdendo”, completou o deputado do PRB.

Comentários encerrados.