Por Esmael Morais

‘Quebram o País duas vezes’, diz Lula sobre o PSDB

Publicado em 25/07/2015

O ex-presidente reconheceu problemas como a inflação e o desemprego que “entraram na casa do brasileiro”, e garantiu que acabar a crise é prioridade na agenda de Dilma. “A inflação está alta agora, assustando muita gente, mas está com perspectiva de cair, porque a Dilma tem obsessão de não permitir que a inflação ultrapasse o limite que já chegou, 9% ao ano, não 80% ao mês.”

Lula ressaltou o “esforço” de Dilma para resolver a crise econômica. “Se o Brasil está hoje numa situação complicada – e nós sabemos que está e que a preocupação chegou dentro da casa, não é problema para a gente se alarmar, é problema para ficarmos apreensivos. Sabemos que temos pessoa lá em Brasília que vão cuidar deste Pais”. Lula enfatizou que o “clima de ódio” e a “intolerância” ajudam a despertar o medo na sociedade.

O ex-presidente voltou a dizer que o PT é atacado pelas conquistas sociais. “É difícil para parte da elite brasileira suportar algumas coisas. Isso explica um pouco o ódio, um pouco as mentiras, as atitudes de certa forma canalha de alguns segmentos neste País. Sinceramente ando de saco cheio, ando profundamente irritado porque o pobre passear, comer em restaurante começa a incomodar, pobre querer passear no nordeste começa a incomodar”.