Quem ganhou e quem perdeu com a ‘Batalha da Assembleia’

richa_alep.jpgà‰ óbvio que o maior derrotado na ‘Batalha da Assembleia’ foi o governador Beto Richa (PSDB). Até as capivaras do Parque Barigui, em Curitiba, sabem disso, mas o Palácio Iguaçu já procura bodes expiatórios para levar a culpa pela desastrada estratégia no lugar do chefe.

Também é óbvio, mas à s vezes o óbvio precisa ser dito, que os vencedores da quiproquó desta quinta-feira (12), no Centro Cívico, na capital, foram os 200 mil funcionários públicos, em particular, e a sociedade paranaense, em geral.

Abaixo, pois, vamos à  listas dos vencedores e perdedores:

QUEM PERDE

Beto Richa – governador do PSDB.

Deonilson Roldo – chefe de gabinete do governador.

Eduardo Sciarra – chefe da Casa Civil, que nem conseguiu segurar o próprio partido (PSD).

Fernando Francischini – assumiu o comando da fracassada operação policial.

Ademar Traiano – não conseguiu terminar a sessão do tratoraço.

Luiz Carlos Martins – lançou nota oficial dizendo que só participaria de sessão no plenário, mas, uma hora depois, se sujeitou a pegar carona no caveirão da PM.

Ratinho Júnior – líder do PSC, que nas redes sociais está sendo chamado de “Partido dos Sem Caráter”.

Mara Lima – deputada tucana virou alvo dos próprios evangélicos.

Mauro Ricardo (Sec. da Fazenda)- não conseguiu enrolar os paranaenses.

Deputados novatos que compraram “terreno na Lua” (by Paulo Bernardo) do governador tucano.

QUEM GANHA

Hermes Leão (presidente da APP-Sindicato) – que se firmou como liderança política e sindical.

Roberto Requião – deu suporte estratégico aos grevistas através da TV 15.

Luiz Cláudio Romanelli (PMDB) – convenceu o governador a retirar o pacotaço e sabe faturar inclusive na derrota.

Ezequias Moreira – estava em férias.

Marcelo Cattani – estava afastado do birô estratégico.

Requião Filho (PMDB) – mostrou firmeza política e brilho próprio.

Fernando Xavier (Sec. Educação) – ficou distante da confusão.

Valdir Rossoni -! a frase “no tempo do Rossoni isso não acontecia” foi dita várias vezes durante a “Batalha da Assembleia”.

Cida Borghetti – surfa quando enfraquece o titular do Palácio Iguaçu.

Bancada de oposição.

Chico Brasileiro e Ney Leprevost – não seguiram orientação de Sciarra.

Polícia Militar – que descumpriu ordens superiores de! bater nos professores.

Comentários encerrados.