‘Parada Gay’ reúne mais que ‘Marcha para Jesus’ em Curitiba

bolsonaro_malafia_fidelix_gltb.jpgPor essa os homofóbicos declarados Malafia, Feliciano, Levy Fidelix e Bol卍onaro não esperavam. A Parada LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) — ou simplesmente Parada Gay — reuniu neste domingo (14) mais de 70 mil pessoas em Curitiba, segundo a organização.

A também tradicional Marcha para Jesus, realizada no mês de maio, teria juntado pouco mais de 50 mil pessoas na capital paranaense.

Pela movimentação das ruas, os gays mostraram ter força para reagir ao preconceito e violência que sofrem na sociedade e de setores historicamente homofóbicos.

A Parada LGTB de hoje teve o apoio do prefeito Gustavo Fruet (PDT) e do governador Beto Richa (PSDB).

A 10!ª edição da Parada da Diversidade de Curitiba foi organizada pela Associação Paranaense da Parada da Diversidade organiza (APPAD). Com o apoio da CUT (Central Única dos Trabalhadores), seção Paraná, a passeata teve como tema 10 anos com você por um Paraná sem homofobia, lesbofobia, transfobia, machismo e racismo!.

Comentários encerrados.