Pânico no PMDB: Lobista Fernando Baiano se entrega à  Polícia Federal

do Brasil 247
baiano_pf.jpgO pânico está instaurado no PMDB. O lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, se entregou na tarde desta terça-feira 18 à  Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Ele é apontado por delatores da Operação Lava Jato como ‘operador’ do partido na Petrobras.

Fernando Baiano era procurado pela polícia desde sexta-feira 14, quando foi deflagrada a sétima etapa da Operação Lava Jato. Desde então, foram presos mais de 20 envolvidos no esquema de propina e corrupção em contratos da estatal.

No domingo 16, o advogado do lobista, Mario de Oliveira Filho, havia dito que seu cliente não se entregaria à  polícia e que o mandado de prisão contra ele era “absolutamente ilegal” (leia aqui).

O lobista também fazia contatos para a construtora Andrade Gutierrez (leia mais), uma das poucas construtoras que ainda não foram alvo de prisões da Lava Jato. Segundo o doleiro Alberto Youssef, no entanto, a companhia também fazia parte do esquema. Os acordos eram costurados entre Fernando Baiano e o presidente do conselho da empreiteira, Otávio Azevedo.

Comentários encerrados.