PMDB reivindica no Paraná coordenação da campanha de Dilma

Publicado em 7 outubro, 2014
Compartilhe agora!

"Nós temos mais votos e estrutura para enfrentar os tucanos no Paraná", disse ao Blog do Esmael o deputado federal peemedebista reeleito João Arruda. Segundo ele, que é sobrinho de Requião, o PT não tem condições de conduzir solitariamente a campanha de Dilma. "Queremos liderar o esforço suprapartidário, ao lado do PT e outros partidos, para virarmos o segundo turno e derrotarmos o PSDB", revelou.
“Nós temos mais votos e estrutura para enfrentar os tucanos no Paraná”, disse ao Blog do Esmael o deputado federal peemedebista reeleito João Arruda. Segundo ele, que é sobrinho de Requião, o PT não tem condições de conduzir solitariamente a campanha de Dilma. “Queremos liderar o esforço suprapartidário, ao lado do PT e outros partidos, para virarmos o segundo turno e derrotarmos o PSDB”, revelou.
A executiva estadual do PMDB do Paraná se reuniu ontem à  noite, em Curitiba, para discutir a campanha pela reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT). A direção peemedebista seguiu a orientação do senador Roberto Requião que, em entrevista coletiva pela internet, reivindicou a coordenação-geral o esforço para derrotar Aécio Neves (PSDB) no estado.

“Nós temos mais votos e estrutura para enfrentar os tucanos no Paraná”, disse ao Blog do Esmael o deputado federal peemedebista reeleito João Arruda. Segundo ele, que é sobrinho de Requião, o PT não tem condições de conduzir solitariamente a campanha de Dilma.

“Queremos liderar o esforço suprapartidário, ao lado do PT e outros partidos, para virarmos o segundo turno e derrotarmos o PSDB”, revelou Arruda.

O parlamentar do PMDB avaliou que a divisão da oposição no estado facilitou a reeleição do governador Beto Richa (PSDB) no primeiro turno. “Se Dilma e PT tivessem declarado apoio a Requião teríamos resultado diverso, poderíamos nós ter vencido no primeiro turno”, opinou.

Se deixarem com setores frouxos do PT o tucano vai fazer 80% dos votos no Paraná!, advertiu Requião ao lado do deputado federal Dr. Rosinha, que hoje viaja a Brasília para levar a posição do senador peemedebista à  cúpula petista.

Compartilhe agora!

Comments are closed.