Líder tucano confirma prorrogação da eleição para diretores de escolas no PR

traiano_richa_escolas.jpgO governo de Beto Richa (PSDB) está decidido a prorrogar o mandato dos diretores e vices das 2,1 mil escolas da rede pública até novembro de 2015. Também estuda a alteração no sistema de votação para a escolha dos gestores escolares. A informação é do líder tucano na Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano, que confirmou hoje ao Blog do Esmael a disposição pela alteração no processo eleitoral.

A prorrogação dos atuais mandatos dos diretores foi acenada pelo governador do PSDB em junho passado, conforme anotou o Blog do Esmael (clique aqui).

Traiano revelou que a mensagem do Palácio do Iguaçu deverá estipular a criação de um “cursinho” para os aspirantes ao cargo de diretor e ainda mexer na proporcionalidade dos votos. Na prática se estuda estipular “uma cabeça um voto” !“ a paridade — na comunidade escolar.

A mensagem governamental deverá chegar à  Assembleia nesta quarta-feira (22), última sessão da semana, porque as inscrições para a disputa das eleições nas escolas se encerram na sexta (24).

Pelo sistema atual, professores e funcionários das escolas têm votos com maior peso do que pais e alunos. Isto, segundo educadores ouvidos pelo Blog do Esmael, garante que os estabelecimentos de ensino não se contaminem pelo poder político e econômico.

Uma cabeça um voto!, ou paridade, poderá deixar a escola à  mercê do prefeito, do vereador ou do deputado. Quem tiver mais dinheiro para mobilizar pais e alunos será o diretor eleito, porque são numericamente superiores, e isso vai tirar dos educadores o papel central na discussão dos rumos pedagógicos do estabelecimento.

Comentários encerrados.