Todos os paranaenses à  espera da “bala de prata” de Requião

Palácio Iguaçu tira sarro do marqueteiro da petista Gleisi Hoffmann, Oliveiros Marques, que teria conseguido a proeza de estacionar a candidata nos 10% de intenção de votos; restaria à  oposição a tão prometida bala de prata! de Requião?; candidato do PMDB passou a semana adiantando que levará ao programa de TV na segunda-feira, 29, revelação! que poderá liquidar a eleição no primeiro turno; paranaenses aguardam ansiosos o horário eleitoral; portanto, daqui a 72 horas saber-se-á se sairá uma verdadeira "bomba" ou apenas "peido de véia", como dizem os estrategistas do governador Beto Richa (PSDB); a conferir.

Palácio Iguaçu tira sarro do marqueteiro da petista Gleisi Hoffmann, Oliveiros Marques, que teria conseguido a proeza de estacionar a candidata nos 10% de intenção de votos; restaria à  oposição a tão prometida bala de prata! de Requião?; candidato do PMDB passou a semana adiantando que levará ao programa de TV na segunda-feira, 29, revelação! que poderá liquidar a eleição no primeiro turno; paranaenses aguardam ansiosos o horário eleitoral; portanto, daqui a 72 horas saber-se-á se sairá uma verdadeira “bomba” ou apenas “peido de véia”, como dizem os estrategistas do governador Beto Richa (PSDB); a conferir.

“Pobre Oliveiros”, provoca o Palácio Iguaçu ao analisar os 10% de intenção de votos da senadora Gleisi Hoffmann (PT) no DatafAlha. “Oliveiros”, no caso, é o marqueteiro Oliveiros Marques, que zela pela imagem e estratégia de campanha da petista no rádio e na televisão.

Tanto Gleisi quanto a tropa do senador Roberto Requião acreditam piamente que as sondagens estão erradas. PT e PMDB dizem que os institutos iBeto e DatafAlha têm patrão no estado, por isso mostram números favoráveis ao chefe.

Lenda ou não, todos os paranaenses estão à  espera da “bala de prata” prometida por Requião na segunda-feira, dia 29. Portanto, daqui a 72 horas saber-se-á se sairá uma “bomba” ou um “peido de véia”, como dizem os estrategistas do governador Beto Richa (PSDB).

Comentários encerrados.