Aliados de Richa põem “pé no freio” para dar segundo turno no Paraná

Candidatos a deputado na coligação de Beto Richa, ao Blog do Esmael, confidenciaram que vão pisar o freio! nas duas semanas finais de campanha. Eles desejam o segundo turno para terem algum valor! perante o governador. Candidato do PSDB parece ter perdido fôlego em sua gincana para ganhar a parada no 1!º turno. Richa ficou "congelado" até mesmo no DatafAlha, o que deverá ser confirmado hoje à  noite pelo iBeto com pequenas variações "dentro da margem de erro". Beto Richa foi taxado ontem de fujão! pelos adversários porque faltou ao debate na TV Sudoeste, de Pato Branco.
Candidatos a deputado na coligação de Beto Richa, ao Blog do Esmael, confidenciaram que vão pisar o freio! nas duas semanas finais de campanha. Eles desejam o segundo turno para terem algum valor! perante o governador. Candidato do PSDB parece ter perdido fôlego em sua gincana para ganhar a parada no 1!º turno. Richa ficou “congelado” até mesmo no DatafAlha, o que deverá ser confirmado hoje à  noite pelo iBeto com pequenas variações “dentro da margem de erro”. Beto Richa foi taxado ontem de fujão! pelos adversários porque faltou ao debate na TV Sudoeste, de Pato Branco.
O esforço da grande armata do governador Beto Richa (PSDB) para liquidar a fatura no primeiro turno não é de somenos. O tucano vem ao longo de sua carreira política fazendo o jogo da tentativa erro/acerto. Foi assim na convenção do PMDB, quando tentara “matar” a eleição tirando o senador Roberto Requião da disputa.

Agora na reta final da corrida pelo Palácio Iguaçu, o candidato do PSDB parece ter perdido fôlego em sua gincana para ganhar a parada na primeira etapa eleitoral. Richa ficou “congelado” até mesmo no DatafAlha, o que deverá ser confirmado hoje à  noite pelo iBeto com pequenas variações “dentro da margem de erro”.

A despeito da energia empregada pela cúpula da campanha tucana, também parece que o corpo não vem respondendo à  vontade e o comando da cabeça. Aliados do governador que tenta a reeleição confidenciaram ao Blog do Esmael que vão “pisar o freio” nessas duas semanas finais porque eles creem ter “algum valor” somente em um eventual segundo turno.

Naturalmente, parte importante dos 640 candidatos a estadual e federal que compõe a coligação de Beto Richa deverá sair com algum passivo nas contas de campanha. Para eles, literalmente, o segundo turno é salvação da lavoura perdida.

Comments are closed.