Gleisi e Requião suspeitam que contratos com governo fizeram Ibope afrouxar o sutiã! para Richa em pesquisa

Carlos Augusto Montenegro, dono do Ibope, novamente no centro de denúncias no Paraná; instituto é suspeito de manter "contrato secreto" de R$ 4,6 milhões com o governo do Paraná; ontem (25), a empresa divulgou números que favorecem o governador Beto Richa; em 2013, o "iBeto", como é conhecido nos bastidores da política no estado, foi alvo de CPI na Assembleia Legislativa; Ibope foi acusado de fraudar pesquisas em Curitiba, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa; será que agora o instituto de Montenegro "endireitou" ou pau que nasce torto morre torto!?; abaixo, veja o relatório com os contratos.

Carlos Augusto Montenegro, dono do Ibope, novamente no centro de denúncias no Paraná; instituto é suspeito de manter “contrato secreto” de R$ 4,6 milhões com o governo do Paraná; ontem (25), a empresa divulgou números que favorecem o governador Beto Richa; em 2013, o “iBeto”, como é conhecido nos bastidores da política no estado, foi alvo de CPI na Assembleia Legislativa; Ibope foi acusado de fraudar pesquisas em Curitiba, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa; será que agora o instituto de Montenegro “endireitou” ou pau que nasce torto morre torto!?; abaixo, veja o relatório com os contratos.

As campanhas dos senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB), ambos lutando contra a reeleição do governador Beto Richa (PSDB), nesta terça-feira (26), fizeram circular cópia de contra do instituto de pesquisa Ibope com o governo do estado.

Utilizando informações do Portal Transparência, as campanhas peemedebista e petista acusam o Ibope de possuir “contrato secreto milionário” com o governo do Paraná que somam 4.631.040,00. Até agora, a empresa de pesquisa já recebeu 2.741.440,00 e tem saldo de 1.889.600,00.

A informação surpreendeu os dois comitês partidários que suspeitam de um mensalão de R$ 352.960,00.

Em março de 2013, o Blog do Esmael registrou que o Ibope tinha contrato de R$ 2,3 milhões a partir do Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná). Com a nova revelação, o instituto de pesquisa dobrou o valor do contrato com o governo Richa até 07/04/2015.

“Qual a probabilidade de o Ibope apresentar um número que possa desagradar seu cliente, no caso Beto Richa?”, questionam incrédulos petistas e peemedebistas.

Segundo o Ibope, também chamado pelos dois comitês adversários de iBeto, Richa tem 43% das intenções de voto, Requião 26% e Gleisi 14%.

Já para o Datafolha, que divulgou pesquisa em 15 de agosto, a disputa pelo governo do estado está tecnicamente empatada entre Richa (39%) e Requião (33%). Gleisi está em terceiro com 11%.

O Ibope foi alvo de uma CPI na Assembleia Legislativa do Paraná. O instituto de Carlos Augusto Montenegro foi acusado de fraude nas eleições municipais de 2012 em Curitiba, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa.

Tanto a sondagem Datafolha quanto Ibope foram contratas pela RPCTV (Globo).

A seguir, leia a íntegra do relatório de contratos do Celepar:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/20130336/ibope_richa.pdf

Comentários encerrados.