Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Richa jura que não ‘quebrou’ o Paraná e diz ter apoio até de petista para reeleição; ouça o áudio

por Elizangela Jubanski, via portal Rádio Banda B

Em entrevista na Rádio Banda B, de Curitiba, nesta segunda-feira (28), o governador Beto Richa colocou a culpa de suas derrapadas administrativas, tarifaço da Copel, pedágio caro, dentre outras dificuldades de gestão, ao antecessor Roberto Requião (PMDB) e ao governo federal; O melhor está por vir!, afirmou o tucano que ainda disse contar com apoio até de petistas para a reeleição; em 2012, PSDB e PT se coligaram no município de União da Vitória, região Sul do Paraná; abaixo, ouça na íntegra a entrevista concedida aos jornalistas Adilson Arantes e Denise Mello.

Em entrevista na Rádio Banda B, de Curitiba, nesta segunda-feira (28), o governador Beto Richa colocou a culpa de suas derrapadas administrativas, tarifaço da Copel, pedágio caro, dentre outras dificuldades de gestão, ao antecessor Roberto Requião (PMDB) e ao governo federal; O melhor está por vir!, afirmou o tucano que ainda disse contar com apoio até de petistas para a reeleição; em 2012, PSDB e PT se coligaram no município de União da Vitória, região Sul do Paraná; abaixo, ouça na íntegra a entrevista concedida aos jornalistas Adilson Arantes e Denise Mello.

Apoio à  reeleição não falta ao candidato Beto Richa, do PSDB. à‰ o que acredita o atual governador do Paraná que tenta mais quatro anos de mandato nas eleições desse ano. Coligado com outros 17 partidos políticos, Richa detalha que tem também apoios implícitos.

Tenho o apoio de grandes partidos consolidados em todo o Paraná. Parte do PMDB, a maioria do PDT e, até mesmo, prefeitos do PT!, revelou. Nomes nem cidades foram revelados pelo candidato.

Não posso expor essa situação!, disse o candidato em entrevista à  Rádio e Portal Banda B, na manhã desta segunda-feira (28), dentro da série de entrevistas com todos os candidatos ao governo do Paraná. A entrevista de Richa feita pelos jornalistas Adilson Arantes e Denise Mello, foi ao ar das 7h30 à s 8 horas.

Richa aproveitou para rebater as críticas recebidas sobre a gestão do seu governo. Segundo ele, o Estado herdou cerca de R$ 4,5 bilhões de dívidas do governo anterior.

Foi R$ 1 bilhão em dívida acumulada ao longo de 8 anos de Pasep; água, luz e telefone de R$ 100 milhões; promoções e progressões de professores acumuladas de 2 anos que somam R$ 70 milhões. Por causa disso, parte da nossa energia foi para pagar esses compromissos, colocar a casa em ordem!, lembra. Outra dificuldade aconteceu com o “boicote ao Paraná”, disse Richa. Paralelamente a isso, um outro agravante foi o forte boicote do Governo Federal ao estado do Paraná!.

Questionado sobre a falta de gasolina em viaturas da Polícia Militar (PM), pagamento de servidores e fornecedores em atraso, Beto Richa negou que o Estado estivesse “quebrado”. Segundo ele, a falta de gasolina aconteceu em um curto período.

Foi uma questão localizada por questões burocráticas essa de gasolina em viaturas. Um estado que está quebrado não compra 1,4 viaturas novas. Antes não tinha problemas com gasolinas em viaturas porque tinham pouquíssimas, velhas, sucateadas. Prefeituras e associações comerciais tinham que abastecê-las. No nosso governo isso não foi feito, nós bancamos isso tudo!, explica.

Também, Richa destacou a contratação de 10 mil policiais, a maior de toda a história do Paraná. Governo que está quebrado não contratada 31 mil professores e garante 60% de aumento salarial, o maior aumento que a categoria já recebeu na história do Paraná. Fizemos obras e conservação de estradas, contratamos policiais. Estado quebrado não faz nada disso!, rebate.

Alvo de críticas de outros candidatos ao governo, Richa voltou a afirmar a responsabilidade sobre o recente reajuste da tarifa da Companhia de Energia Elétrica (Copel), de 23% ao consumidor.

As tarifas de energia praticadas em todos os estados estão abusivas e elevadíssimas. Mas, essa determinação é da Aneel, do Governo Federal, e não do Paraná!, defende.

Ouça a entrevista de Beto Richa:

Parte 01

Clique aqui para fazer o download do áudio.

Parte 02

Clique aqui para fazer o download do áudio.

Comentários desativados.