“Beto Richa foi covarde, moleque e truculento”, acusa Requião

Papéis trocados?

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, nesta segunda-feira (28), acusou o governador Beto Richa (PSDB) de covardia, molecagem, grosseiro, deselegante e truculência.

“Me agrediu porque sabia que eu não iria falar”, reclamou Requião, ao relatar o encontro dele com o Richa durante almoço na Associação das Empresa da Cidade Industrial de Curitiba (AECIC).

“Atribuiu a crise do estado do Paraná à  minha gestão, quando até as pedras sabem que peguei o estado do Paraná quebrado do Jaime Lerner e Cássio Taniguchi e ele é a continuidade disso”.

Requião considerou “ato explicito de covardia” porque ele sabia que não teria resposta.

“Beto Richa é pior governador da história do Paraná. Eu quero ver essa postura agressiva nos debates que vai ter comigo, cara a cara na frente da câmera de televisão”, desafiou o senador do PMDB.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o prefeito Gustavo Fruet (PDT) também participaram do evento.

Comentários encerrados.