Dilma oferece ajuda federal ao Paraná, atingido por forte chuva

da Agência Brasil

Conversei hoje com o governador Beto Richa e ofereci a solidariedade do governo federal ao povo do Paraná e à s vítimas das fortes chuvas. Daremos todo o apoio necessário para ajudar no resgate e no acolhimento dos desabrigados. Estamos junto com os paranaenses nesta momento difícil!, informou a presidenta Dilma em seu perfil oficial no Twitter.

Conversei hoje com o governador Beto Richa e ofereci a solidariedade do governo federal ao povo do Paraná e à s vítimas das fortes chuvas. Daremos todo o apoio necessário para ajudar no resgate e no acolhimento dos desabrigados. Estamos junto com os paranaenses nesta momento difícil!, informou a presidenta Dilma em seu perfil oficial no Twitter.

A presidenta Dilma Rousseff ofereceu o apoio ao governo do Paraná para enfrentar os problemas decorrentes da forte chuva que atinge o estado desde o final da semana passada . A oferta de apoio foi feita durante conversa na manhã de hoje (9), por telefone, com o governador do Paraná, Beto Richa.

Conversei hoje com o governador Beto Richa e ofereci a solidariedade do governo federal ao povo do Paraná e à s vítimas das fortes chuvas. Daremos todo o apoio necessário para ajudar no resgate e no acolhimento dos desabrigados. Estamos junto com os paranaenses nesta momento difícil!, informou a presidenta Dilma em seu perfil oficial no Twitter.

A presidenta disse ainda que determinou ao ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, que vá ao Paraná para coordenar as operações da Defesa Civil, da Força Nacional de Saúde e do Batalhão de Engenharia do Exército.

A chuva forte que atinge o Paraná desde o final da semana passada deixou nove mortos e afetou 55.659 pessoas em todo o estado, segundo boletim divulgado hoje pela Defesa Civil Estadual. De acordo com a Defesa Civil estadual, 70 cidades estão em situação de emergência. A região central do estado é a mais prejudicada, principalmente os municípios de Guarapuava, Irati e Rebouças. A chuva forte também interditou rodovias estaduais e federais devido a quedas de barreiras e alagamentos.

Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, no Paraná ainda pode chuviscar hoje entre o leste e o litoral e também no noroeste e no norte. Nas demais regiões, o dia amanheceu com muita nebulosidade e com pouca visibilidade em vários municípios. O sol volta a aparecer com mais força a partir da tarde de hoje, principalmente no interior.

Segundo o governo estadual, estão sendo liberados R$ 6 milhões para os municípios comprarem vacinas, medicamentos, contratarem e pagarem hora extra aos profissionais de saúde.

26 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Claro que iria liberar, afinal é época de eleições, pq ela não ajudou o paraná liberando verbas antes para educação, saúde, etc etc etc…., Dilma sem moral nenhuma, Fora Dilma e leva essa Gleisi junto.

  2. Fácil fazer as contas: Quantos delegados em Curitiba e em cidades como Londrina, Ponta Grossa, Maringá, Cascavel, Foz. E quantos nos restantes dos diretórios.

  3. Esse governo é uma piada! E ainda tem ambientalista q vota nisso.

  4. PESSUTTI o Requiao traiu o PMDB SÓ PENSA no filho dele e nele, vc é inteligente, vai dar BETO NA CONVENÇÃO!! ADEUS REQUIAO. VOLTA PRA ARGENTINA TOMAR VINHO NACIONAL.

  5. O geólogo Reinhardt Macck quando esteve no Paraná nos anos 40 ficou espantado com a celeridade do desmatamento. Disse que uma ação assim não ficaria sem resposta. Há que se tomar, claro, as providencias imediatas para minorar o sofrimento e oferecer as condições necessárias para essa gente retomar a rotina das suas vidas. Mas os governos todos – federal,estadual e municipal, precisam ter pulso para retirar famílias que insistem em morar em áreas de risco, além de proceder uma ação firme, com apoio da Justiça para o restabelecimento das matas ciliares. As caixas, os leitos dos rios estão totalmente assoreados – somente o Rio Ivai transpofta por ano cerca de 14 milhões de toneladas de terra para serem depositadas no Rio Paraná em sua foz, no Porto Camargo, em Icaraíma. O canalão do Rio paraná que até 70 permitia transporte fluvial – balsas desciam carregadas de boi, café, madeira desde o Porto Epitácio até Guaira. Hoje, até a navegação de recreio está ficando difícil. Dois anos atrás, em Porto Rico, a bordo dum barco, vi bancos de areia, bem no meio do rio, a menos de três metros de profundidade. O maior e mais bem elaborado programa que poderia minimizar todos esses problemas, foi desativado. Lembram-se do PMISA – Programa de Manejo de Solo e Água, a partir das microbacias?

    • Parreiras, conheci o Rio Ivaí em 1960, era um rio caudaloso, havia uma boa área de mata ciliar, havia muito peixe, já no final da década venderam as matas e derrubaram para plantar soja, aí tem que dar nisso mesmo; a região que conheci é a de Dr. Camargo!

      • José Andrade: …E as suas águas eram límpidas e nelas a vida pulsava. Hoje, sujas e mortas. Sujas por causa das erosões que para elas são carreadas e mortas por causa dos venenos jogados nas lavouras que chegam até suas margens

    • Uma pequena colaboração:
      a) O nome correto é Reinhard Maack;
      b) O Paraná foi o Estado que mais pesquisou e investiu em conservação e manejo de solos até o ano de 1996, depois, lentamente foi abandonando estas práticas e hoje está colhendo os frutos desse abandono:
      – 1973: Criação do Projeto PRONOROESTE;
      – 1975: Programa Nacional de Conservação de Solos-PNCS;
      – 04 de setembro de 1976 em Campo Mourão foi lançado a versão estadual do PNCS com o nome de PROICS;
      – 1980: Ampliação do PRONOROESTE com recursos do SUDESUL e Ministério da Agricultura-MA;
      – 1981/82: Lançamento do Programa de Manejo de Solos-PMS, depois PMISA;
      – 1983: Ampliação do PRONOROESTE ““ SUDESUL em 40 municípios;
      – 1984: Promulgada Lei Estadual nº 8.014, Preservação do Solo Agrícola;
      – 05/07/1987: Lançamento do Programa Nacional de Microbacias Hidrográficas;
      – 1987 ““ 1981: Criação do PMISA ““ Programa de Manejo de Solos e Água do Paraná;
      – 1988: Nova ampliação do PRONOROESTE ““ SUDESUL para 87 municípios;
      – 1989 ““ 1997: Criação do Programa Paraná-Rural.
      – 2014: Enxurradas e enchentes com grandes orejuízos à toda população…

    • PARABENS PELO COMENTARIO,O HOMEM COM SUA GANANCIA E AVAREZA DESTRUIU AS MATAS DO NOSSO PARANA, E ESSES POLITICOS QUE SO TEM INTERESSE PELO PODER E ENRIQUECIMENTO AS CUSTAS DO SUOR E DO SANGUE DO POVO OPRIMIDO,NAO FAZEM NADA PARA REVERTER ESSA CAOTICA SITUAÇAO,POR ISSO NOS O POVO DEVEMOS FAZER A REVOLUÇAO TOMAR O PODER.

  6. Ela fez o mesmo com Santa Catarina. Já o governo do Paraná deixou Morretes e Antonina abandonadas. O Parana não precisa de meprestimos uma vez que a arrecadação só aumenta. O Paraná precisa de governo, precisa de Requião!!!

  7. Ao SENHOR que usou meu nome acima PEDRO HOLL para escrever estas asneira te digo:

    O devia pensar nas pessoas(seres humanos) que estão sofrendo com as perdas materiais e de vidas com a tragédia.
    O Senhor deveria ter Respeito com eles e não tentar ter ganho político com isso.

    Rese mais!!!

  8. me descupem, mas alguns aqui, nao passam de ……

  9. Enquanto isso a Vice Prefeita de Curitiba agride Vereador a tapas e o marido dela, manda o Povo se Fuder. Esse é o PT e quem está no comando da Prefeitura, veja o Video..

    https://www.youtube.com/watch?v=VaewceQF4kA

    • nossa que agressão, achei que ia mata o vereador,vai se lava anti pt rola bosta do psdb, e so vereador querendo faze moral esse video mostra tudo

  10. DINHEIRO NA CONTA DO GOVERNO DO PARANA… XIIII..VAI TER MUITAS LIMINARES PEDIDO O BLOQUEIO DO DINHIERO PARA O PAGAMENTO DO FORNECEDORES….MELHOR ABRIR UMA CONTA COM OUTRO CNPJ.. A TUCANALHA QUEBROU O PARANA.

  11. Cuidado Dilma registre o acontecido e a ajuda porque o nariz de tucano mentiroso vai colocar na midia que não recebeu ajuda nwnhuma.

  12. Se a ajuda for igual à dispensada para os flagelados de Morretes/Antonina, da região serrana do Rio de Janeiro, os alagados do fim de semana no Paraná, que esperem sentados.

  13. Ajuda aos desabrigados? E quem tá se importando com isto? E o empréstimo para o Paraná que o governo federal não libera? A prioridade é reeleger o Beto e sem a bufunfa federal não vai rolar. Por isto, vamos fazer pressão para grana chegar e reeleger o Beto. E os desabrigados? Ah, todo ano ficam desabrigados, quem mandou fazer um monte de filhos e irem morar na beira do rio??????

    • vc é mesmo idiota, a cidade de Guarapuava tem rios pela cidade toda, não são apenas os pobes que sofrem com as enchentes na cidade, antes de sair falando merda primeiro vai conhecer a situação. Deve ser um mau amado mesmo pra falar tamanha babaquice, quero ver um filho seu nessa situação.

  14. São nos momentos de dificuldade que a gente conhece os verdadeiros amigos. Valeu Dilma!

    • IDIOTAM, ELA NÃO FAZ MAIS DO QUE OBRIGAÇÃO, DEPOIS DE PERSEGUIR O ESTADO JUNTO COM A GLEISI, SEU BABACA.

      • O GOVERNADOR COM MUITO DIALOGO E EDUCAÇÃO VISITA OS MORADORES PARA LHES DAR AULAS DE AUTO ESTIMA.
        QUANTO A CASA COMIDA E ÁGUA,O POVO SE VIRA COM DOAÇÕES E PARIDO QUE EU QUERO IR PARA FOZ.

    • ESSA DILMA NEM SEQUER VISITOU OS DESABRIGADOS,SIMPLISMENTE VIROU AS COSTAS PARA O POVO PARANAENSE,MAS NOS O POVO SOFRIDO E ESQUECIDO DO PARANA VAMOS DAR O TROCO NAS ELEIÇOES PELA TRAIÇAO DESSES POLITICOS FAJUTAS E MALANDROS.