Osmar Dias fica no Banco do Brasil e desfalca palanque de Gleisi

Compartilhe agora!

O vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, presidente licenciado do PDT, vai desfalcar a campanha da senadora Gleisi Hoffmann; o pedetista decidiu permanecer no cargo, em Brasília, cuja função o proíbe de subir em palanques eleitorais; petista tem quarto nomes do PDT para escolher como vice na chapa, dentre os quais estão os ex-prefeitos Barbosa Neto (Londrina), Paulo Mac Donald (Foz do Iguaçu), José Baka Filho (Paranaguá); e o médico Haroldo Ferreira, da região Sudoeste, que já disputou uma vez a vice na chapa do petista Jorge Samek, em 1994.
O vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, presidente licenciado do PDT, vai desfalcar a campanha da senadora Gleisi Hoffmann; o pedetista decidiu permanecer no cargo, em Brasília, cuja função o proíbe de subir em palanques eleitorais; petista tem quarto nomes do PDT para escolher como vice na chapa, dentre os quais estão os ex-prefeitos Barbosa Neto (Londrina), Paulo Mac Donald (Foz do Iguaçu), José Baka Filho (Paranaguá); e o médico Haroldo Ferreira, da região Sudoeste, que já disputou uma vez a vice na chapa do petista Jorge Samek, em 1994.
Acabou o mistério. O vice-presidente de Agronegócio do Banco do Brasil, Osmar Dias, presidente licenciado do PDT do Paraná, não será candidato nas eleições de outubro.

A ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT), em contato com correligionários, nesta sexta (4), informou que o pedetista ficará no cargo em Brasília. Ele não subirá em palanque algum porque, segundo o próprio, o estatuto do banco o proíbe!.

A “afrouxada de sutiã” de Osmar terá reflexo no PDT. O superintendente Regional do Trabalho, Neivo Beraldin, por exemplo, desistiu de concorrer à  Câmara. Ficará no órgão e isso põe fim na disputa pela sua cadeira na SRTE/PR.

Se Osmar não será candidato ao Senado, vice ou deputado, por consequência, abre-se a temporada para Gleisi escolher um dos nomes do PDT para acompanhá-la na chapa majoritária. Dentre eles estão os ex-prefeitos Barbosa Neto (Londrina), Paulo Mac Donald (Foz do Iguaçu) e José Baka Filho (Paranaguá).

Também corre por fora o presidente em exercício do PDT, o médico Haroldo Ferreira, da região Sudoeste, que já disputou uma vez a vice na chapa do petista Jorge Samek, em 1994.

Compartilhe agora!

Comments are closed.