Coluna do André Vargas: “Lula pede participação de Osmar e quer PMDB no palanque de Gleisi”

André Vargas, em sua coluna desta terça, relata em primeira mão detalhes do encontro do ex-presidente Lula com o PIB paranaense: "mostrou como o Brasil vem se comportando diante da crise econômica internacional, com investimentos em infraestrutura, na educação e principalmente nas pessoas, contradizendo críticas da grande mídia que procura puxar o País para baixo"; colunista revela também que PT empenha energia para que Osmar Dias dispute ou o Senado ou a vice na chapa de Gleisi Hoffmann; sem se definir ainda, o vice-presidente do Banco do Brasil retribuiu confiança e garantiu que estará ao lado de Dilma e Gleisi nesta jornada!; alheio à  movimentação do senador Roberto Requião pela candidatura própria no PMDB, o deputado petista destaca que Lula sonha com o partido palanque da senadora e ex-ministra embora respeite suas decisões e suas vontades!; leia o texto.

André Vargas, em sua coluna desta terça, relata em primeira mão detalhes do encontro do ex-presidente Lula com o PIB paranaense: “mostrou como o Brasil vem se comportando diante da crise econômica internacional, com investimentos em infraestrutura, na educação e principalmente nas pessoas, contradizendo críticas da grande mídia que procura puxar o País para baixo”; colunista revela também que PT empenha energia para que Osmar Dias dispute ou o Senado ou a vice na chapa de Gleisi Hoffmann; sem se definir ainda, o vice-presidente do Banco do Brasil retribuiu confiança e garantiu que estará ao lado de Dilma e Gleisi nesta jornada!; alheio à  movimentação do senador Roberto Requião pela candidatura própria no PMDB, o deputado petista destaca que Lula sonha com o partido palanque da senadora e ex-ministra embora respeite suas decisões e suas vontades!; leia o texto.

André Vargas*

A humildade, otimismo e conhecimento profundo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva impressionaram o pequeno, mas representativo grupo de empresários paranaenses que, atentamente, o ouviram durante almoço realizado em São José dos Pinhais, antecedendo encontro estadual do PT, também naquela cidade. Eu estive presente e pude observar o sentimento brasileiro de cada um quando Lula lembrou que nos 11 anos de governo do PT, 40 milhões de brasileiros passaram a ter melhor qualidade de vida e ingressaram no mercado consumidor, comprando geladeira, televisores, aparelhos domésticos, equipamentos de informática e telefonia.

Lula mostrou como o Brasil vem se comportando diante da crise econômica internacional, com investimentos em infraestrutura, na educação e principalmente nas pessoas, contradizendo críticas da grande mídia que procura puxar o País para baixo. Foram mais de 20 milhões de carteiras de trabalho assinadas, ficando atrás apenas da China.

Nesse período, Lula também lembrou que foram criadas 18 novas universidades e 365 novas escolas de ensino técnico, enquanto o governo anterior não criou nenhuma. Hoje, 60 mil jovens brasileiros estão estudando no exterior com recursos do governo federal.

Já no encontro com a militância, Lula ressaltou o cerco MIDIàTICO que sofre o Governo do PT fruto do preconceito de classe. “Comigo preconceito era pela origem, porque alguém que não tinha canudo, com a Dilma e preconceito contra a mulher comandar o nosso Pais. Mas no fundo é preconceito contra o governo voltado aos mais pobres”.

De público, Lula fez um pedido de amigo para que o ex-senador Osmar Dias participe do processo democrático e eleitoral tanto em nível estadual quanto federal. Manifestou apreço e carinho a Osmar Dias, afirmando que ele, com sua capacidade técnica e política merece compor qualquer governo ressaltando o que eu sempre repito.

A Presidenta Dilma Rousseff sempre consulta Osmar nos assuntos do agronegócio. O ex-presidente observou que entende a posição do ex-senador em não confrontar com o irmão na disputa ao Senado, mas pediu que participe da caminhada no Paraná. Osmar Dias retribuiu a confiança e garantiu que estará ao lado de Dilma e Gleisi nesta jornada.

Lula também fez um apelo para que o PMDB, um grande aliado do governo federal, esteja também junto no Paraná. O PMDB sempre esteve em meu palanque, sempre teve um lado e não acredito que agora mude, embora respeite suas decisões e suas vontades, ponderou Lula.

Por fim, Lula emocionou os mais de mil militantes presentes, quando ergueu o braço direito, como sinal de resistência do PT, e disse que tem certeza de que os paranaenses reelegerão Dilma presidente do Brasil e Gleisi governadora do Paraná.

Não vim pedir voto, mas vim dizer a vocês que precisamos fazer a jovem Gleisi governadora deste rico Estado!.

Do encontro ficou a certeza de que estamos no caminho certo ao mantermos as negociações partidárias sem nos esquecer de que, para além dos partidos, há uma sociedade ávida por um novo governo no Paraná que esteja à  altura dos anseios da nossa gente.

André Vargas, deputado federal pelo PT do Paraná, vice-presidente da Câmara, é colunista do Blog do Esmael. Escreve sobre poder e socialismo nas terças-feiras.

Comentários encerrados.