Coluna do Ricardo Gomyde: “Acredite no Brasil; nós somos melhores!”

Publicado em 8 fevereiro, 2014
Compartilhe agora!

Ricardo Gomyde, em sua coluna de hoje, mergulha nas crônicas do jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues, cuja coletânea foi lançada nesta semana em Curitiba, para exaltar o sentimento de Nação neste ano em que o país sediará a Copa do Mundo; "Acredite no Brasil porque nós somos melhores do que eles!", diz o colunista, incorporando o espírito rodriguiano em tempos dos radicais de direita Black Blocs! (#NaoVaiTerCopa); Gomyde recorda que o dramaturgo recifense, homenageado com o lançamento no Bar do Torto, escreveu certa feita aos pessimistas: "Foi preciso que jornais alemães, franceses, húngaros, tchecos, ingleses berrassem para nós: !” Vocês são os maiores!; evento no boteca de Arlindo Ventura, o Magrão, levou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o presidente do Atlético, Mário Celso Petráglia, o autor desta coluna, além do mundo esportista; leia o texto.
Ricardo Gomyde, em sua coluna de hoje, mergulha nas crônicas do jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues, cuja coletânea foi lançada nesta semana em Curitiba, para exaltar o sentimento de Nação neste ano em que o país sediará a Copa do Mundo; “Acredite no Brasil porque nós somos melhores do que eles!”, diz o colunista, incorporando o espírito rodriguiano em tempos dos radicais de direita Black Blocs! (#NaoVaiTerCopa); Gomyde recorda que o dramaturgo recifense, homenageado com o lançamento no Bar do Torto, escreveu certa feita aos pessimistas: “Foi preciso que jornais alemães, franceses, húngaros, tchecos, ingleses berrassem para nós: !” Vocês são os maiores!; evento no boteca de Arlindo Ventura, o Magrão, levou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o presidente do Atlético, Mário Celso Petráglia, o autor desta coluna, além do mundo esportista; leia o texto.
por Ricardo Gomyde*

Eu diria ainda que nós também ‘vivemos’ o futebol, ao passo que o inglês, ou o tcheco, o russo apenas o joga. Há um abismo entre a seca objetividade européia e a nossa imaginação, o nosso fervor, a nossa tensão dionísica.”.

Esse trecho foi extraído de uma crônica de Nelson Rodrigues, intitulada O Homem Formidável do Brasil, publicada originalmente no Jornal dos Sports, em 20 de junho de 1962. Mas também pode ser encontrada no livro A Pátria de Chuteiras!, uma seleção de 40 crônicas escritas por Nelson Rodrigues entre as décadas de 1950 e 1970, selecionadas pelo ministro Aldo Rebelo em um trabalho de pesquisa de mais de um ano. O futebol foi a metáfora utilizada pelo escritor para a apresentação e divulgação de um Brasil eficiente e vitorioso.

Na última terça-feira (04.02), ao lado do ministro Aldo Rebelo, participei do lançamento do livro em Curitiba. Foi no bar O Torto do meu amigo Arlindo Ventura, o Magrão. Belo local para os personagens de Nelson: um bar que homenageia Garrincha e luta pela cultura de Curitiba.

Como o ministro Aldo bem avaliou, ainda há em nosso país um grupo que o fantasma de Nelson Rodrigues continua a assombrar: o dos que não acreditam no Brasil. E são a estes que esta seleção de crônicas é endereçada.

A ideia de lançar esta coletânea surgiu no ministério do Esporte e contou com o patrocínio do BNDES. E como forma de incentivar a leitura e valorizar a cultura brasileira, nós vamos encaminhar os livros para mais de 21 mil escolas públicas em todo o Brasil. Só no Paraná, serão 1.207 escolas que terão o livro à  disposição em suas bibliotecas, beneficiando mais de 877 mil alunos em nosso estado.

No país do futebol e com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, essa obra de Nelson Rodrigues, que soube como ninguém dramatizar a arte do futebol, vem para homenagear o esporte, tido há décadas como um grande congregador desta nação. E isso poderá ser provado quando nossa Seleção entrar em campo no Mundial, fato que, certamente, unirá todos os brasileiros em um único objetivo: vencer. Afinal, como destacou Nelson Rodrigues em uma de suas crônicas publicadas neste livro: “Foi preciso que jornais alemães, franceses, húngaros, tchecos, ingleses berrassem para nós: !” Vocês são os maiores.!

*Ricardo Gomyde, diretor de Futebol do Ministério do Esporte, especialista em políticas de inclusão social, é membro da Comissão Organizadora da Copa do Mundo no Brasil em 2014. Escreve nos sábados no Blog do Esmael.

Compartilhe agora!

Comments are closed.