Em nota, Serraglio vê manobra “maldosa” de Requião para ser candidato pelo PMDB

Publicado em 29 agosto, 2013
Compartilhe agora!

Serraglio perdeu batalha judicial para Requião; dirigente do partido vê maldade! do senador que, segundo ele, quer ser candidato ao governo do Paraná na mão grande!; o presidente estadual do PMDB diz ainda que a convenção municipal de Curitiba elegeu 25 delegados à  convenção estadual quando teria direito a 12; "seria maldosa tentativa de ter maior número de delegados na futura convenção para escolha do candidato [Requião] a Governador", reclama Serraglio, em um trecho da nota; leia.
Serraglio perdeu batalha judicial para Requião; dirigente do partido vê maldade! do senador que, segundo ele, quer ser candidato ao governo do Paraná na mão grande!; o presidente estadual do PMDB diz ainda que a convenção municipal de Curitiba elegeu 25 delegados à  convenção estadual quando teria direito a 12; “seria maldosa tentativa de ter maior número de delegados na futura convenção para escolha do candidato [Requião] a Governador”, reclama Serraglio, em um trecho da nota; leia.
O deputado federal Osmar Serraglio, presidente do PMDB do Paraná, encaminhou nota de esclarecimento ao blog, nesta quinta (29), onde defende a impugnação da convenção municipal do partido, em Curitiba, argumentando que o time do senador Roberto Requião elegeu 25 delegados à  convenção estadual quando teria direito a 12.

“Seria maldosa tentativa de ter maior número de delegados na futura convenção para escolha do candidato [Requião] a Governador”, reclama Serraglio, em um trecho da nota.

As seções municipais do PMDB no estado vão à  convenção no próximo dia 13 de setembro. O diretório curitibano, que era presidido por Requião, antecipou sua renovação para junho. Assumiu a legenda na capital Professor Altino Chagas, cujo mandato foi validado em mandado de segurança expedido na semana passada.

Serraglio e o ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral da sigla, fazem movimento para expurgar Requião. Eles preferem alinhar-se com a ministra Gleisi Hoffmann (PT) ou com o governador Beto Richa (PSDB).

Se tiver a candidatura barrada no PMDB, Requião não descarta possibilidade de buscar abrigo em outra legenda. Ele pôs na cabeça que vai derrotar o governador tucano em 2014, custe o que custar.

A seguir, leia a íntegra da nota de esclarecimento de Osmar Serraglio:

O deputado Osmar Serraglio esclarece:

1.- A Convenção do PMDB de Curitiba foi impugnada sob a argumentação de que:

a) Elegeram 25 delegados e Curitiba só tem direito a 12. Seria maldosa tentativa de ter maior número de delegados na futura convenção para escolha do candidato a Governador.

b) As convenções do PMDB estão marcadas para 13 de setembro em todo o Paraná. Curitiba não obedeceu a isso e convocou de uma semana para outra, para limitar a que poucos filiados soubessem e participassem.

c) Segundo o Estatuto, só filiados há mais de seis meses poderiam votar, e a isso não se obedeceu, tanto que o deputado Kielse Crisóstomo votou.

d) Com o pedido de registro não foi apresentada certidão relativa aos filiados.

2.- Notificado, o Diretório apresentou defesa. Para examiná-la, foi convocada a reunião de segunda-feira. Estamos cumprindo o Estatuto.

3.- Ainda há outra impugnação alegando que o Senador Requião faltou com a verdade em juízo. No mandado de segurança que ajuizou contra a Executiva alegou que só tomou conhecimento da intervenção no Diretório de Curitiba, do qual era Presidente, em junho. Acontece que em março ele já tinha recorrido ao Diretório Nacional contra a intervenção.

Segundo a impugnação, o Senador Luiz Estevão teve seu mandato cassado por faltar com a verdade, o que foi entendido como falta de decoro.

4.- Esta Presidência foi eleita sob o signo da democratização do Partido. Basta ver nosso horário eleitoral, em que demos oportunidade a todos nossos deputados e senadores. Refuto, por isso, a insinuação de que esteja tentando dificultar qualquer candidatura. Desafio a que se prove que tive qualquer contato com os impugnantes, quer antes, quer depois das impugnações.

Deputado federal Osmar Serraglio
Presidente do PMDB !“ PR

Compartilhe agora!

Comments are closed.