Dilma deveria reformar o governo!, aconselha o tucano àlvaro Dias

do Brasil 247

O senador àlvaro Dias (PSDB) afirmou que a presidente Dilma Rousseff apresenta alternativas pontuais e periféricas em relação à  Reforma Política; para o tucano, a presidente deveria se preocupar mais em reformar a administração do seu governo; "Tenho dito repetidamente que um dos grandes problemas do País é este modelo de gestão permissivo e corrupto, que criou um balcão de negócios para garantir apoio e maioria no Congresso; o governo tornou-se agigantado e esta estrutura custa caro ao povo".

O senador àlvaro Dias (PSDB) afirmou que a presidente Dilma Rousseff apresenta alternativas pontuais e periféricas em relação à  Reforma Política; para o tucano, a presidente deveria se preocupar mais em reformar a administração do seu governo; “Tenho dito repetidamente que um dos grandes problemas do País é este modelo de gestão permissivo e corrupto, que criou um balcão de negócios para garantir apoio e maioria no Congresso; o governo tornou-se agigantado e esta estrutura custa caro ao povo”.

O senador àlvaro Dias (PSDB/PR) afirmou que a presidente Dilma Rousseff (PT) apresenta alternativas pontuais e periféricas em relação à  Reforma Política. De acordo com o parlamentar, a presidente Dilma deveria se preocupar mais em reformar a administração do seu governo.

“Mas Dilma em vez de reformar o seu governo, insiste em uma reforma política atabalhoada, pífia, com uma pressa inusitada, e cujos resultados irão desencantar mais uma vez o povo brasileiro”, disse o tucano no Blog do àlvaro Dias, através de sua assessoria de imprensa. A avaliação ocorre após alguns dirigentes do PT terem defendido, novamente, neste sábado (20), a realização de um plebiscito e que a reforma seja válida para as eleições do próximo ano.

“Tenho dito repetidamente que um dos grandes problemas do País é este modelo de gestão permissivo e corrupto, que criou um balcão de negócios para garantir apoio e maioria no Congresso. Com isso, o governo tornou-se agigantado, e esta estrutura monumental custa caro ao povo, que paga impostos excessivamente para sustentar essa máquina que é uma fábrica de escândalos”, declarou.

Comentários encerrados.