Líderes da base na Câmara fecham unanimidade em torno de plebiscito para reforma política

do Blog do Planalto

Dilma se reuniu com os líderes dos partidos da base na Câmara dos Deputados. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Dilma se reuniu com os líderes dos partidos da base na Câmara dos Deputados. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Os líderes dos partidos da base aliada na Câmara dos Deputados firmaram compromisso em torno da consulta pública para reforma política por meio de plebiscito. Eles se reuniram com a presidenta Dilma Rousseff nesta quinta-feira (27) no Palácio do Planalto. Mais cedo, os senadores e os presidentes de partido da base já haviam anunciado a unanimidade em relação ao tema.

Estabelecemos uma unidade extremamente forte e firme no sentido de que as manifestações legítimas democráticas e pacíficas tenham uma resposta numa participação, numa consulta popular, para que nós possamos avançar. (!¦) Por isso que todos os partidos estão convictos que a consulta à  população, que o plebiscito é fundamental, porque ouve em primeiro lugar a população!, afirmou Ideli Salvatti, ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais.

Confira as declarações dos líderes sobre o plebiscito:

José Guimarães, líder do PT

Os líderes da base todos apoiam a consulta via plebiscito, e assumimos o compromisso de discutir nas bancadas. (!¦) Há uma posição política dos líderes, apoio a uma consulta popular via plebiscito. (!¦) Foi uma importante e bela reunião!.

Arlindo Chinaglia, líder do governo

Quando o tema da reforma política surgiu, todos nós valorizamos, sem exceção, aquilo que já foi comentado pela ministra, da consulta popular. E quando confrontado a ideia de um plebiscito e a ideia de um referendo, por unanimidade, nós fechamos essa unidade já referida em torno de um plebiscito!.

Eduardo Cunha, líder do PMDB

Houve uma convergência sobre um ponto, que a consulta popular se dará como plebiscito e terá o apoio unânime de todos. O que vai constar no plebiscito, o tempo que vai levar para esse plebiscito ser feito e para quando ele vai valer vai ser uma decisão que nós vamos levar para a bancada, e o Congresso soberanamente vai decidir!.

Anthony Garotinho, líder do PR

Eu quero reafirmar tudo o que foi dito aqui, sobre o apoio ao plebiscito. Até porque referendo não cabe. Referendo só cabe sobre algo que já existe. Só pode referendar algo que já existe. Então, tem que haver um plebiscito. à‰ a nossa opinião!.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Que foto sensacional! Se cercar, vira presídio; se jogar uma lona por cima, vira circo. Nunca se viu tanto pilantra junto! Deixaram a Barbie Comício fora desta?

  2. Outro detalhe: perguntar a uma maioria que não entende o que lê, não sabe quais seus direitos, e se contenta com miseráveis bolsas, é o mesmo que roubar pirulito de criança. Os caras se batem só em votar vendo a cara do meliante na urna eletrônica. Imagine tendo que ler questões com várias respostas.
    Eles sabem o que queremos. Não precisamos de plebiscito, referendo ou outra tramóia qualquer.
    Chega de tanto ministério, e de tantos cargos de confiança (?)
    O serviço é podre e o preço é caro.
    Chega de tantos benefícios a funcionários públicos (dos três poderes) enquanto sociedade que paga estas mordomias não têm sequer o direito à saúde.
    Chega de gastos supérfluos em propagandas que, segundo este próprio blogueiro que não sente nem vergonha em mencionar, foram da ordem de mais de 10 bilhões de 2000 até 2012. Só em 2012 foram 1 bilhão 126 milhões.
    Trabalhador, aposentado e idoso tratados com respeito e sem cortes de direitos.
    Fim de empréstimos a milionários que não dão retorno condizente.
    Vejam matéria abaixo, publicada na Veja (velha mídia para alguns, mas que serve para nos esclarecer certas coisas, às vezes). Só para clarear, EBX é do Eike Batista, amigão do Lulla, Dilma e do PT – pelo jeito…
    O cara tem empréstimos de 9.1 BILHÕES junto ao BNDES – nosso dinheiro.

    O grupo EBX é altamente dependente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), tanto de linhas de crédito como de participação acionária por meio do BNDESPar, que é o braço de investimento do banco de fomento. Um investimento de 600 milhões de reais feito pelo banco em títulos de dívida da MPX Energia chegou a bater 880 milhões de reais em maio do ano passado, mas equivale hoje a 521 milhões de reais. Segundo o BNDES, o grupo EBX tem 9,1 bilhões de reais contratados junto ao banco.

    http://veja.abril.com.br/noticia/economia/os-sete-pecados-que-podem-derrubar-eike-batista

    Enquanto isso a Todeschini quebrou, o Damasco foi vendido e demitiu 200, etc.
    E o que falar do socorro aos bancos ? Só o Panamericano, que a Caixa é sócia, foram 4 bilhões. Dinheiro público, sim…

    O que nós queremos ?
    O que vocês prometeram por anos e anos enquanto estavam na oposição.
    Porque do jeito que está, as mudanças foram para pior.

  3. Primeira discussão: diminuir o número de Deputados e Senadores para no máximo 200. Não precisamos de 594 vendidos para nos ‘representar’. Primeiro que a maioria vai para o lado mais forte, mesmo sendo este corrupto e contra os interesses na nação. Segundo que cada um, além e custar muito caro para nós, vão somente defender interesses próprios ou de grupos a que pertencem.
    Segunda discussão: sem reeleição, ou no máximo uma. Os que estão há anos lá são os que mais se aproveitam e criam suas gangs.
    Terceiro: Salário + representação de no máximo 30 mil.
    No mais, é jogar conversa fora.
    Na realidade este papo só veio à tona para desviar o foco da inflação, dos gastos absurdos com a Copa, da saúde miserável ofertada a população de baixa renda e outras sacanagens que estão fazendo.
    Continuamos protestando…
    Fim do Fator previdenciário, correção justa ao dinheiro do FGTS, menos incentivos a empresários sem vergonha que continuam subindo seus preços, escolas decentes, etc…

  4. Pois é, no plebiscito consulta spbre Controle da Mídia – Censura à Imprensa, um dentre os maiores interesses do lulopetismo.

  5. Tem que escrever o que se quer mudar, como fazê-lo parta perguntar ao povo?

  6. Quando se tem problemas de ordem política, que ó o caso das manifestações, a primeira pessoa a assessorar a Presidente Dilma deveria ser a Ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann. No entanto o que se tem visto é que esta atribuição ficou para o Ministro da Educação Mercadante. Será que a Ministra da Casa Civil não é competente para o cargo? Será que teremos reforma Ministerial em breve?

    • Gonçalves,
      Vai se informar antes de falar besteira.
      Te pergunto: além da jogada do Beto para dar foro privilegiado para o Ezequias em dia antes da instrução do seu processo por peculato, vai ter reforma do secretariado do Governo do Estado? A Gleisi vai sair da Casa Civil para entrar na campanha para o Governo do Paraná.

      • Prezado Elton:

        Seria melhor você se informar melhor e deixar de lado a paixão partidária. Se você acompanhar as manchetes estampadas na mídia verá que você está desatualizado.

    • A Greize está cuidando do Paraná… Passou o bastão pro Bigodudo Mercadante, para poder atender os problemas das chuvas que atingiram o Paraná…

      • Prezado Roberto:

        Então ela não é a pessoa certa no lugar certo e neste caso, não seria melhor ela pedir para voltar ao Senado para cuidar destes assuntos?

  7. CHEQUE EM BRANCO
    O que o govenro quer é que o povo dê um CHEQUE EM BRANCO para o congresso. Claro que a base da Presidanta vai apoiar, quer presentão melhor que este.

    Vejamos: o povo aprova em plebiscito que o congresso faça reforma política (que o congresso pode fazer a qualquer tempo sem depender d eplebiscito. É competencia privativa deles, não fizeram pq são incompententes). Aí, com a carta na manga, com o cheque em branco, o governo, que tem a maioria no congresso empurra goela a baixo do povo o que eles bem entenderem.

    Se querem envolver o povo, aprovem o texto da reforma política, prevendo que terá que ser submetido ponto por ponto ao referendo popular antes de entrar em vigor. VAmos ver se a Dilma tem mesmo “aquilo” roxo, como tranaparece ter.

  8. mica Federal depósitos judiciais do TJPR
    Redes Sociais

    Contato
    Imprensa(61)[email protected]

    Ouvidoria(61)2326-4607Contato ouvidoria

    Receba as notícias do CNJ
    Cadastre-se aqui

    Interatividade Social

    Leia mais
    Conselho mantém liminar que suspende limitação de acesso público a sessões do TJBA
    CNJ aposenta compulsoriamente desembargadores do RN acusados de desvio de recursos
    Desembargador do TJTO é aposentado compulsoriamente por venda de sentenças
    Ratificada liminar que mantém na Caixa Econômica Federal depósitos judiciais do TJPR

    http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/25289-ratificada-liminar-que-mantem-na-caixa-economica-federal-depositos-judiciais-do-tjpr

    Kkkkkkk , o seu Creisson bem que tentou mas não vai mais poder colocar o $ na C.U. em troca da nomeação do nipotino…

    “i agola painho?”

  9. BRASIL FICANDO SEM CONTROLE? ESTADO DE SÍTIO?

    Esmael e demais perigoso dar nisso! Não acreditam? O remédio está na Constituição Federal Artigos 136 ao 139! É o tal do Estado de Sítio com forças armadas, polícias e guarda nacional nas ruas. Queda das redes sociais, serviço de inteligência para identificar, prender e punir os fomentadores dessa insurreição, e uma interlocução direta com o povo. Se não quiserem ouvir…!
    O Estado de Defesa e o de Sítio são decretados em casos excepcionais, como revoltas populares ou situações de guerra. Eles servem para aumentar o poder do governo nesses momentos de risco.
    ESTADO DE SÍTIO
    QUEM DECRETA – Presidente da República
    EM QUE CASOS – Situações de guerra ou comoção grave de repercussão nacional
    DURAÇÃO – Até 30 dias, em casos de comoção nacional, e indefinida, em casos de guerra.
    Os cidadãos podem perder o direito de ir-e-vir e edifícios comuns podem ser usados como prisão. Além disso, há restrições à liberdade de imprensa e o Exército pode ser convocado para fazer busca e apreensão na casa de suspeitos. O Estado de Sítio é uma medida que possui duração de até 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período em caso de persistência das razões de excepcionalidade. De acordo com o art. 137, inciso I (“I – comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que comprovem a ineficácia de medida tomada durante o Estado de Defesa;”) a cada 30 dias poderá haver sucessivas renovações do decreto de sítio. No Brasil, somente por decreto do Presidente da República pode ser instituído o estado de sítio ou prorrogação a cada vez (art. 138, § 1º), após este receber autorização formal do Congresso Nacional (art. 137,C.F), após ser consultado o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional “” que oferecerão parecer não-vinculativo.

    • MAior abobrinha nunca vi… Estdo de sítio é para guerra…

      E estado de Defesa o PT não tem coragem de convocar (ou declarar)… senão já teria feito para justificar a invasão pela Marinha (Fuzileiros Navais) dos morros do Rio…

      Aliás, como é bom escrever abobrinha em blog!!!