TV pública da Dinamarca exibe show com mulheres nuas para homens analisarem! seus corpos

do Opera Mundi

A mulher entra em uma sala escura. Sentados, dois homens esperam até que ela tire a roupa. Entre sorrisos e gargalhadas, os dois começam a analisar o corpo da mulher. Dos pés a cabeça, durante alguns minutos, os homens destacam os pontos “negativos e positivos”. Isso agrada os homens!, dizem, concluindo se a mulher é (ou não) bela!.

Esse é roteiro do polêmico programa Blachman, exibido semanalmente no horário nobre da TV pública da Dinamarca (Dr TV). Diversos meios de comunicação da Europa e os próprios dinamarqueses tratam o programa como o mais machista da história.

A acusação de observadores de Diretos Humanos é na forma como as mulheres são tratadas !“ como objetos. As protagonistas ficam em silêncio em todo o programa e não podem responder à s análises!. As convidadas escutam comentários como esse é o tipo de peito que o homem quer!.

O apresentador e diretor Thomas Blachman se defende dizendo que o programa tem um caráter revolucionário, pois pretende discutir a estética do corpo feminino sem permitir que a conversa seja pornográfica ou politicamente incorreta!.

Agora as mulheres podem entender o que os homens pensam sobre o corpo delas!, afirmou o diretor ao jornal Daily Mail.

Muitos telespectadores reagiram com indignação ao programa. Os dinamarqueses acusam o show de humilhar as mulheres que participam da análise!. Existem movimentos nas redes sociais que pedem a retirada imediata de Blachman do ar.

Em vídeo divulgados pelo portal LaSexta, mulheres de diferente idades aparecem nuas sendo analisadas por Thomas Blachman e um amigo !“ sempre um convidado novo ajuda o apresentador. A cena que mais impressiona é uma mulher idosa também ouvindo as críticas.

A diretora da emissora, Sofia Fromberg, defende o projeto dizendo que é do interesse feminino conhecer qual é o desejo masculino: Para ser bem sincera, qual é o problema disso?!, indaga.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. quero voce nua no shol tumique gata pratu

  2. Pode botar uma galinha assada pra análise?

  3. Qual é problema disso? Este questionamento exemplifica uma das melhores nações pra se viver no mundo, baixíssimo índice de violência, inclusive contra a mulher, sem ser preciso de uma lei para que proteja a mulher.
    Só se trabalha 6 hs diárias. A mulher tem direito a 1 ano pra ficar em casa com a criança, o pai 3 meses. Como se vê a Dinamarca vai muito mal…
    que tal ver o filme:

    http://cascavilha.com.br/site/agenda-cultural/filme-dinamarques-conta-historia-de-precursor-dos-valores-da-revolucao-francesa.

    A história do desenvolvimento capitalista dos séculos XIX e XX registra a existência de alguns países com altos níveis de desenvolvimento, riqueza e qualidade de vida, e com baixa propensão nacional expansiva ou imperialista. Como é o caso das ex-colônias britânicas, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, e dos países nórdicos, Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia. Todos apresentam taxas de crescimento altas, constantes e convergentes, desde 1870, só inferiores à da Argentina, até a 1º Guerra Mundial. Hoje, são economias industrializadas, especializadas e sofisticadas. A Noruega tem a terceira maior renda per capita, e o maior índice IDH (0.943) do mundo; a Austrália tem a quinta renda per capita, e o segundo melhor IDH (0,929); e quase todos têm uma renda média per capita entre 50 e 60 mil dólares anuais. A Noruega é considerada hoje o país mais rico do mundo, em “reservas per capita”, e foi tida pela ONU, em 2009, como “o melhor país do mundo para se viver”. E a Dinamarca já foi classificada ““ entre 2006 e 2008 ““ como “o lugar mais feliz do mundo”, e o segundo país mais pacífico da terra, depois da Nova Zelândia, e ao lado da Noruega.

    • isso é pra gente ver q nem países desenvolvidos estão salvos d terem programas porcaria na tv. E lá o pessoal se mobilizou e estão querendo tirar o programa do ar, vê se no Brasil tem mobilização pra tirar a Zorra Total??
      Isso não significa q o país vai mal, ams tbm não quer dizer q temos q tolera essas coisas só pq é um país desenvolvido…

    • Nossa! estes países principalmente a Dinamarca(5.000.000 habitantes) controlam bem a natalidade, desde de 1870, e olha que os métodos anti bebe era a tabelinha nesta época, ou sera que não fazer sexo é a chave da felicidade.

  4. Mulher pelada em programa de TV? Aí meu Deus…isso não pode. Agora na marcha das vadias pode, no Femen pode, nas novelinhas da Globo pode, e em tudo mais que for em nome da “revolução” das mulheres.

    Resumindo, mulher nua para o homem é machismo e patriarcado; mulher nua para feministas é revolução, liberdade do corpo das mulheres, etc, etc, etc e blá,blá,blá

    • PRIMEIRO DE TUDO: femem não é feminismo, é um grupo de loucas com ligações a grupos fascistas, todas as integrantes são brancas e magras, já percebeu?só servem rpa fazer encrenca.
      Pense bem: se vc der dinheiro a um mendigo ou ele te assaltar, ele está levando o seu dinheiro de qualquer jeito. Mas se vc der o dinheiro não tem problema, vc quis. Mas se vc for roubado, tbm vai dar o dinheiro, mas não pq vc escolheu.
      Não confunda as coisas…uma coisa é vc fazer um programa humilhando as mulheres do jeito q eles fizeram: colocando elas para o homem analisar o que acham delas, criticando elas apenas pelo corpo. Em propagandas direcionadas para homens as mulheres são quase sempre ridicularizadas: é a garçonete gostosona,a vizinha q alguém espia, etc.

      Outra coisa é elas mostrarem o corpo pq querem, parece q mulher só pode mostrar o corpo se homens puderem ficar tarando o corpo delas ou se aproveitar d algum modo. Alguém reclama na globeleza pelada em qualquer horário na tv? mas tem gnt q reclama d amamentação em público…é q as mães não são gostosonas q nem a globeleza, nem e tão lá para eles ficarem analisando elas q nem nesse programa d tv.
      Marcha das vadias não tem só modelo, daí q nem todo mundo pode ficar admirando elas, o é ruim para mts homens.
      E elas estão lá pq quiseram, aí é onde mora o problema: eles não estão com os peitos d fora na rua por causa d uma propaganda d cerveja, é pq quiseram..entendeu???

  5. Cada vez que vejo atitudes preconceituosas e baseadas no conceito do patriarcal como essas perco um pouco a fé na humanidade.Historicamente homens acreditam que possuem as mulheres com direito até mesmo de mata-las, e para completar o circo de horrores recai sobre elas a culpa de serem mortas. Como dizia Paulo Freire transforma-se o oprimido em opressor. Uma pena que existem pessoas que são coniventes com a barbárie e ainda assistem ao programa, e como bem vital companheiro acima periga a tv brasileira importar idéia…. Uma lastima….

  6. Suspeite sempre do homem que repara na celulite da mulher.

    Programinha aí vai ser copiado pela Globo.