Acampamento de servidores pressiona contra parcelamento da data-base; assista ao vídeo

Os deputados estaduais votam hoje, em plenário, o parcelamento da data-base dos servidores públicos. A proposta enviada pelo governo do Paraná promete apenas a reposição da inflação no período (6,49%), dividida em duas parcelas iguais. Isso compromete R$ 68,7 milhões por mês dos cofres do Estado, cuja despesa bruta com pessoal vai chegar a R$ 12 bilhões neste ano. As parcelas seriam pagas em maio e julho.

O projeto passou ontem pela Comissão de Constituição e Justiça. O relator, Nereu Moura (PMDB), recomendou a aprovação da medida, sendo acompanhado pelos demais parlamentares. Apenas Tercílio Turini (PPS) se opôs, votando contra. ”Eu sou a favor do reajuste, mas contra o parcelamento. O governo tem que arranjar o dinheiro para pagar em parcela única, pois se trata de uma decisão política. A reposição da inflação é o mínimo, se quisesse parcelar tinha que negociar valores maiores”, reclama o político.

Turini, que é servidor licenciado da Universidade Estadual de Londrina (UEL), diz que o Executivo devia seguir o exemplo do Tribunal de Justiça e do Ministério Público, que darão o mesmo aumento aos seus funcionários, mas pagos em parcela única. ”Esse dinheiro vem da mesma fonte, que é o contribuinte. Qual a razão da diferença?”, questiona o político. Após devolver R$ 160 milhões dos cofres do Legislativo para o governo Beto Richa (PSDB), a Assembleia também vai parcelar o reajuste aos servidores em duas parcelas. A despesa anual bruta da AL com pessoal é de R$ 530 milhões.

Hoje os políticos transformam o plenário em comissão geral e, se desejarem, podem votar integralmente o parcelamento da data-base num só dia. Ademar Traiano (PSDB) tem usado repetidamente essa ”manobra” (comissão geral e sessões extraordinárias, com dispensa de redação final), enquanto líder do governo na Assembleia, para votar matérias de interesse da administração tucana.

Na semana passada, Traiano pediu ”sensibilidade” aos servidores públicos. Afirmou que o governo estadual, por conta na queda de repasses federais ao Paraná, não tinha condições financeiras para pagar a data-base em uma única parcela. O pedido não dissuadiu o Fórum dos Servidores Públicos Estaduais, que ontem acampou em frente ao Palácio Iguaçu, numa vigília que começou à s 19 horas e seguiria até hoje cedo.

Durante o ato de protesto, os sindicatos se reuniram para organizar emendas ao projeto que será votado em plenário. Além do pagamento em parcela única, os membros do fórum pleiteiam reajuste igual ao dado para o salário mínimo regional (12,69%) e aumento de mais 1%, para compensar a dedução maior para a Paraná Previdência. As emendas devem ser encaminhadas pela bancada de oposição, cujo líder é Tadeu Veneri (PT).

por José Lazaro Jr, da Folha de Londrina, e imagens da RPCTV.

23 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to tell you that I am just beginner to blogs and honestly loved your web page. Likely I’m want to bookmark your blog post . You definitely come with exceptional well written articles. Thanks a lot for revealing your webpage.

  2. I simply want to tell you that I am just all new to weblog and definitely savored this web-site. Likely I’m want to bookmark your site . You absolutely have outstanding stories. Thank you for revealing your web page.

  3. Lembro como hoje muito servidores que vestiram esta camisa bericha e agora não aprece os eleitores do homem, ainda bem que dor de barriga não da so uma vez. venha 2014..

  4. É assim que Beto Richa vai eleger a Gleisi em 2014.

  5. Não foi o Beto na campanha de 2010 que chamou os professores de laranja podre??

  6. Estas atitudes seriam esperadas no próximo governo tucano, mas como a reeleição está cada vez mais distante, o governador e seu grupo estão mostrando a que vieram agora mesmo.

  7. E o digníssimo lá na Rússia, dando entrevistas ao PIG, dizendo que o Paraná é uma maravilha, que a Copel é isso e aquilo, só não disse que os carros da companhia elétrica rodam com pneu careca.

    Ele falou hoje no PIG (CBN) que o Paraná tem uma bela estrutura de transporte, só não disse que as linhas férreas estão podres e as rodovias de mão única, com pedágios que é um roubo!

  8. Esmael e demais os Policiais Militares do Paraná faz tempo estão indignados também! http://www.uniblogbr.com/2013/05/pm-se-aquartela-e-policiais-invadem.html

  9. Resumo esse governo do Paraná é uma vergonha!

  10. Fora promoções/progressões atrasadas … vão estourar o orçamento do estado igual ano passado …

  11. Parabéns pela iniciativa dos servidores públicos estaduais!
    A mobilização e os protestos são lindos! Antes isso do que nada e ninguém mostrar alguma indignação, mas nós sabemos que “é chover no molhado” com este (des) governo que aí está na sua “agonia de cada dia” no sentido político cujo o desespero devido ás cronicas da futura derrota eleitoral em 2014, faz que uma das suas prioridades, seja formar um “exército de cabos eleitorais” dentro da administração pública estadual para usa-la na campanha na tentativa de reeleição e pra isso se concretizar foi acionado o “trem da alegria” e dentro dele temos a “farra dos cargo comissionados” que passam dos milhares!

    Esmael e demais este Blog já nos informou que o (des) governador do Paraná Beto Richa (PSDB), emprega mais cargos comissionados do que toda a administração do governo federal. Isto é o que apontou a reportagem do jornal Estado de S. Paulo, em cruzamento com número levantados e informações do Portal da Transparência. No governo federal há 4.445 servidores sem concurso em cargos de confiança na chamada administração direta. De acordo com o Portal da Transparência do Estado do Paraná tem hoje 4.338 cargos comissionados ou até mais. Ultrapassa imaginem só o governo federal.
    Os salários não são menos que R$: 5.000,00 e chegam e vão além R$: 10.000,00
    Tais cargos foram aprovados pela base de apoio do governador na Assembleia Legislativa do Paraná a mesma que vai aprovar essa proposta ridícula de parcelamento.

  12. Estejamos atentos com o Vendedor do Estado do Paraná Beto Richa, estamos a mercê , com o Projeto Tudo aqui, que privatiza os serviços de responsabilidade do estado, e com a unificação do caixa do Estado “mágica contabil”, que facilita a retirada de dinheiro do estado.Será que a população não enxerga que estamos sendo roubados……..2014 chegue logo!!!

  13. sou servidor publico já aposentado, fui dirigente sindical no sindiservidores, faziamos já na época esse tipo de manifestação, pressão, que muitas vezes não dava em nada, sempre falei que o servidor publico, seja ele federal, estadual ou municipal, e a umica categaria que não satisfeita com o patrão, pode muda-lo,a cadada 4 anos, muito ao contrario das outras categorias, que senão estiverem, satisfeitas com seus patrões,os funciários é que pedem a conta, vão procurar outro emprego, onde ganhem mais, ou ficam quietos e, se asugeitam a trabalhar, pelo salario que recebem mesmo sendo uma miséria, o funcionalismo publico nas 3 esferas, se fossem unidos,não fossem muitas vezes covardes,a comodados, mudariam assa cituação de penuria salarial, basta cada um de nós, em epoca de eleição arrumar , na familia ou entre amigos, mais 2 ou 3 votos, que mudariamos nosso “patrão”, pois somos no estado em tornos de 235 mil servidores, isso daria em torno de 600 a 700, mil votos elegeriamos, quem nos quizessemos, e talves nao precisassemos ficar ai mendigando reaguste, o eleito nao agindo de acordo como deveria em termos de valorização do servidor, teria um único mandato, até encontramos alguem que nos valorizasse,falo isso a companheiros desde a minha estada no sindicato lá nos anos 90.

  14. Os servidores estão fazendo acampamento que nem os dos sem-terra?

    Prestem atenção, nosso estado está a beira do caos, aumentou impostos e taxas, é um dos estados brasileiros que mais empregaem cargos de comissão…Esse estado não tem recursos suficientes para reajustar o salário de seus servidores…
    Estamos quebrando…

  15. 2014 ESTÁ PROXIMO, É O ARMAGEDOM PARA OS POLITICOS
    DO PARANÁ!!!!!!!!!!!!!

  16. Ano que vem vamos dar o troco!!!!!!!

    • Ahhhh se daremos… Acho que nunca fiquei tão ancioso para votar numa eleição como nessa de 2014…

      • Eu também não vejo a hora de chegar o momento de dar o “troco”, massss antes vou trabalhar graciosamente para derrubar esse povo… que se depender de mim, não ganham pra mais nada…

  17. reposição casas bahia, o beto brinca com os servidores.

  18. Esses tucanos são cara de pau mesmo, mandam aumentar 271% no tarifaço do Detran e mesmo assim alegam não ter recurso e ainda querem jogar a culpa no gov. federal, isso é má gestão do dinheiro público, enquanto nossos professores precisam se humilhar pra conseguirem sensibilizar essa tucanada. Parece que está chegando a hora do povo do Paraná dar adeus ao governo do PSDB.

  19. Engraçado que para os comissionados o aumento de 128% foi numa única parcela e para os professores eles querem parcelar, pára de brincadeira sr Richa.

    • Não restam duvidas que o atual governo trabalha em prol dos interesses dos empresários, mas o Beto Richa esquece que em 2014 tem eleição e que vai perder o trono, seja pro Requião seja pra Gleise.