Por Esmael Morais

Fiep estuda criar ‘pedagiômetro online’

Publicado em 29/04/2013

Presidente da Fiep, Edson Campagnolo, discutirá com entidades técnicas a criação do pedagiômetro online; arrecadação nas 27 praças de pedágio do Paraná poderá ser acompanhada pelo usuário de rodovias no computador ou no celular.

Presidente da Fiep, Edson Campagnolo, discutirá com entidades técnicas a criação do pedagiômetro online; arrecadação nas 27 praças de pedágio do Paraná poderá ser acompanhada pelo usuário de rodovias no computador ou no celular.

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) deverá discutir na semana que vem a criação de um pedagiômetro online para aferir quanto as concessionárias de pedágio arrecadaram — e arrecadam — nas 27 praças de pedágio instaladas nas rodovias do Paraná.

A proposta do pedagiômetro online está na mesa do presidente da Fiep, Edson Campagnolo, que considera elevado o impacto da tarifa do pedágio no custo da produção. A ideia é disponibilizar os valores arrecadados a exemplo que as entidades produtivas já fazem relação aos impostos cobrados pelo governo federal através do “impostômetro”.

A criação do pedagiômetro é uma clara resposta à  Assembleia Legislativa que rejeitou proposta do deputado Tércilio Turini (MD), a qual previa a instalação de painéis eletrônicos nas praças, pelo governo do estado, com a contagem em tempo real de quanto a concessionária já arrecadou e com o número atualizado de quantos carros passam pelos locais de cobrança.

Segundo um engenheiro ouvido pelo blog, que não quis se identificar, é possível tecnicamente instalar “sensores eletrônicos independentes”, isto é, sem a anuência do poder público, para auditar a passagem de veículos nas praças de pedágio.