Deputado governista critica fim do software livre e questiona parceria entre governo Richa e Microsoft

Se não receber uma resposta convincente  do governo de Beto Richa já nos próximos dias, o deputado Edson Praczyk não descartar pedir a abertura da CPI da Microsoft.

Se não receber uma resposta convincente do governo de Beto Richa já nos próximos dias, o deputado Edson Praczyk não descartar pedir a abertura da CPI da Microsoft.

O deputado governista Edson Praczyk (PRB), em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, manifestou sua preocupação com as notícias que estão sendo veiculadas na mídia sobre a assinatura de um protocolo de intenções entre o governo Beto Richa (PSDB) e a Microsoft. Que intenções são essas?!, questionou o desconfiado parlamentar.

Praczyk denunciou que este acordo proporcionaria a utilização do sistema de software proprietário ao invés do software livre nos órgãos públicos ligados ao governo estadual modificando um sistema que é utilizado atualmente.

Richa assinou ontem (9), no Rio de Janeiro, acordo com a Microsoft que ofertará aos órgãos do governo do Paraná programas e conteúdos de capacitação em tecnologia da informação e plataformas de aprendizagem virtual.

Segundo o deputado do PRB, ao longo dos anos, o uso do software livre propiciou a economia de muitos milhões de reais aos cofres do Estado, fruto da aplicação da Lei Estadual 14.058, de 2003, de sua autoria, que indica o uso preferencial do sistema não proprietário em todos os órgãos da administração pública direta, indireta, autárquica e fundacional do Estado do Paraná, bem como os órgãos autônomos e empresas sob o controle estatal.

“Este sistema já permitiu não só aos órgãos estaduais, mas também por parte do próprio governo federal, uma economia extraordinária, inclusive com o próprio relato de diretores destas estatais como a Sanepar, e seria estranho mudar agora”, estranha Praczyk, que quer saber se esse acordo com a Microsoft não irá atropelar sua lei, quais os termos do protocolo de intenções assinado entre a empresa e Richa, os detalhes desse convênio, como ficaria o sistema atual que utiliza o software livre e as intenções e os motivos desse convênio.

O deputado ainda destaca que os ganhos com o software livre são de conhecimento de todos os paranaenses, pois a rede de conhecimento do Estado, através do Portal da Educação, utiliza o sistema Linux, e por isso também quer saber por que o governo do PSDB assinou esse protocolo de intenções com a Microsoft. Praczyk espera uma resposta convincente por parte do governo de Beto Richa já nos próximos dias.

Se o governo tucano não conseguir explicar a troca do software livre pelo proprietário, o deputado Edson Praczyk não descarta pedir a abertura da CPI da Microsoft.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Isso com certeza tem maracutaia por traz, a final, o betinho gastou milhoes no novo programa da copel, e o mesmo nem funciona direito, e o pior é que os direitos de uso ja estao acabando, ou seja, sera que vao desembolsar mais auguns milhoes para continuar usando.

  2. O Linux é de graça e funciona muito bem, o Governo vai se render a Microsoft e pagar licenças de uso. Chame o sindico ai tem coisa. Vem logo 2014

  3. mas o soft livre ,que e paranaense ,não interessa o batedor de tambor.o pastor agora pode ser perseguido .contrariar o dono do feudo fica meio pesado. falar em feudo . esse modelo da idade media é o original das ideias neo liberais,o estado minimo.a a peninsula da asia chamada europa ocidental, não pouderam invitar as colonias arabes e turcas no sul da europa, principalmente na espanha e portugal . era os senhores dos feudos donos do exercito ,as moedas tambem era alcunhada pelos senhores dos feudos. os reis eram fraquinhos . comia o que ganhavam. depois na idade moderna surgiu os estados europeus ,ai conseguiram expulsar os invasores. não tem nada ver com miclosoft.mas eu escrevi.

  4. O Estado está sem dinheiro e vão tirar dinheiro de onde para pagar a Microsoft? Outra coisa preocupante: o parque de máquinas das escolas não vai aguentar o windows. Vão comprar máquinas novas para todas as escolas?

  5. Quando o PSDB se manifesta é sempre para entregar a Nação, esvaziar os cofre da Nação e, posto que ninguém é de ferro, pegar as grandes sobras que sempre restam dos banquetes feitos com a propriedade nacional.

  6. É muito provável que se alguém investigar isso vai descobrir que tem alguém levando algum $$ por fora”¦
    É exatamente isso. Essa não é a primeira vez e nem vai ser a ultima.

  7. se até o deputado que defendia com unhas e dentes o nelson justus e cia no caso dos diários secretos e sempre esteve do lado beto , está contra o beto é sinal que o barquinho do betinho já afundou.

  8. Cara, já ouvi muita gente (funcionário público) reclamando do linux, mas é de graça. O Beto vive reclamando pra todo lado, em todas rádios, TVs, jornais, revistas,… que o Paraná arrecada muito e recebe pouco, daí vem ele sem dinheiro e vai começar a pagar por algo que hoje é gratuito… É muito provável que se alguém investigar isso vai descobrir que tem alguém levando algum $$ por fora…

  9. Os produtos da Microsoft são fantásticos, que mal tem no governo adquirir licenças oficiais. Peça para esse deputado ensinar uma secretária a mexer com Linux Ubunto kkkk pra ele ver a dor de cabeça kkkkkkkkk!! Ta certo, Beto Richa acertou nisso !

    • Concordo

      • Rafael Perin e Fala Sério, então conta “pra nóis” de onde vem a grana pra substituir tudo pela Microsoft. O Governador já disse que tá sem grana!

    • Desde 2003 o estado está usando software livre. Por que será que alguma secretária ainda teria dificuldade em mexer com o GNU/Linux? E a distribuição utilizada é personalizada pelo governo, garantindo segurança e autonomia.

  10. Esse é o problema maior Arion, essas licenças serão gratuitas por 2 anos. A mesma tática usada pelos traficantes para viciar as pessoas.

  11. Tipico do bebeto mesmo…

    Ate aonde sei, a distribuicao Linux q é usada nas escolas é desenvolvida na UFPR…

    Conta-se que uma vez iniciaram um projeto de robótica na UFPR. Logo após assumir a prefeitura, o bebeto migrou esse projeto (e o seu orçamento) para a PUC (onde provavelmente tem alguns amiguinhos neoliberais)… Como não havia professores qualificados nessa área no dpto de informática da PUC, o projeto morreu…

    O bebeto que ate aonde se sabe nunca entregou um projeto como engenheiro (e nem como político, hahahaha) gosta de acabar com os projetos dos outros…

  12. Claro, certamente, alguma coisa de errado tem ai, disso eu não duvido, os gastos com todas essas liçenças serião mais que o sufiente para arrumar muitas escolas, hospitais, entre outras coisas que deveria ser prioridade agora.

  13. Esmael, meu comentário não é sobre esse assunto, Mas Eu gostaria de propor que você iniciasse uma campanha, que deve ser interesse de todos, quem gosta do que comento e até daqueles que Odeiam-me.
    Minha sugestão, é iniciar campanha para que pelo menos os nossos Deputados Federais e Senadores, se movimentem para mudar o Código Penal, mudando a Lei, para que condenados por crimes violentos como Homicidios, estupros, sequestros não saiam da cadeia com 3, 4 ou 5 anos, mesmo sendo condenados a 30 anos, e propor mudanças no Estatuto do menor reduzindo a idade Penal pra 16 anos. Chega de violencia gratuita, impunidade e falta de Justiça. O que acha??