Tucanos choram a morte de Margaret Thatcher, a mãe do neoliberalismo

Na charge de Bessinha, o ex-presidente FHC vai à s lágrimas.

Na charge de Bessinha, o ex-presidente FHC vai à s lágrimas.

Se alguém tinha dúvidas sobre a idolatria dos tucanos pelas privatizações, abaixo eu reproduzo um verdadeiro “recibo” emitido pelo PSDB Mulher. O braço feminino do tucanato lamenta a perda de sua guru Margaret Thatcher, mãe do neoliberalismo econômico, que arrebentou com os direitos dos trabalhadores britânicos, aumentou o desemprego, e promoveu a Guerra das Malvinas contra os hermanos argentinos na década de 80.

PSDB Mulher lamenta falecimento de Margaret Thatcher

O PSDB Mulher lamenta o falecimento da ex-primeira ministra do Reino Unido, Margaret Thatcher, ocorrido nesta segunda-feira (8), aos 87 anos, em decorrência de um derrame cerebral. Nascida em 1925, Margaret Hilda Roberts era filha de um comerciante de Grantham, e foi educada de acordo com rígidos princípios metodistas.

Formou-se em Química e Direito na Universidade de Oxford. Aos 34 anos, já estava no Parlamento. Em 1975, assumiu a liderança do Partido Conservador, tornando-se primeira-ministra no fim da década de 1970.

Primeira mulher a ocupar o mais alto posto britânico, cargo que exerceu por três mandatos consecutivos, de 1979 a 1990, Thatcher foi um exemplo de força moral e do poder feminino na política, promovendo uma série de reformas que possibilitaram a reforma econômica de seu país, no final do século XX.

Comentários encerrados.