Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Justiça Eleitoral cassa Alceuzinho Maron, deputado do PSDB no Paraná

TRE defenestrou o tucano pelo placar de 3 a 2

Ex-deputado Felipe Lucas, do PPS, volta à  Assembleia na cadeira ocupada hoje pelo deputado parnanguara Alceuzinho Maron, do PSDB.

Ex-deputado Felipe Lucas, do PPS, volta à  Assembleia na cadeira ocupada hoje pelo deputado parnanguara Alceuzinho Maron, do PSDB.

O PPS do Paraná conseguiu recuperar a cadeira do deputado estadual Felipe Lucas no julgamento realizado nesta quinta-feira (07 de março), no Tribunal Regional Eleitoral. A vaga estava sendo ocupada por Alceu Maron Filho desde o início do ano. Ele ficou com a cadeira de Marcelo Rangel, eleito prefeito de Ponta Grossa. Alceu era segundo suplente de deputado estadual do PPS, mas perdeu o direito por ingressar no PSDB e cometer infidelidade partidária.

O PPS, com base na regra da fidelidade partidária, requereu no dia 07 de janeiro, junto à  Justiça Eleitoral, a destituição de Alceu Maron Filho do cargo de deputado estadual.

De acordo com Rubens Bueno, deputado federal e presidente do partido, o PPS apenas pediu o que é dele por direito. Ele [Maron] deixou o partido em 2011, e ao deixar o partido também deixou a suplência, que é do PPS, e não dele!.

Com a posse de Felipe Lucas na Assembleia Legislativa, O Partido Popular Socialista passa a ter uma bancada de 03 deputados estaduais, com Douglas Fabrício e Tercílio Turini.

A Assembleia Legislativa tem 10 dias para empossar o terceiro suplente Felipe Lucas.

Comentários desativados.