Em carta, professor PSS pede socorro

professorRegistro carta recebida de professor PSS (não efetivo), União da Vitória, região Sul do Paraná, identificado aqui como A. M., para que não seja retaliado, na qual faz emocionado pedido de socorro ao blog. O mestre critica o governo do estado e a APP-Sindicato que, segundo ele, não dá atenção aos professores. “Somos tratados sempre como lixo, como escória das escolas”, reclama.

A seguir, eu publico a íntegra da carta:

“Olá, sou professor PSS da Rede Estadual de Ensino do Paraná, gostaria de pedir sua ajuda, pois os professores PSS são massacrados pelo governo, bem como pela própria APP sindicato que não tem um setor próprio para ajudar, auxiliar e dar atenção aos professores PSS.

Somos tratados sempre como lixo, como escória das escolas. Sei que muitos professores PSS não têm compromisso com as escolas, são péssimos professores, mas a grande maioria realiza um trabalho digno e de grande qualidade, o que nunca é reconhecido pela SEED, NREs ou APP sindicato.

Um bom exemplo é o esquecimento de que estes professores também têm família, contas e gastos, pois como é possível viver bem e se preparar para as aulas se o governo não nos paga?

A distribuição de aulas foi antecipada, as escolas receberam um prazo para entregar aos NREs o número de aulas de cada professor PSS, para que o salário do mês de fevereiro fosse pago e assim os professores não tivessem dificuldades financeiras, pois com o pagamento de janeiro muitos já ficaram endividados (não consegui pagar as contas e estou devendo há dois meses, pois não recebi um centavo do pagamento de janeiro, assim como eu muitos estão assim, há dois meses devendo).

Quando fomos escolher as aulas no NRE disseram que nosso pagamento de fevereiro seria conforme o número de aulas que pegamos, no meu caso 32 aulas, mas quando liberaram a folha de pagamento, nada das aulas, apenas as que eu tinha o ano passado, quatro aulas, o que me deu um pagamento pelo mês de fevereiro de R$ 240,00 reais.

O problema é que ninguém nos informou disso! Nem mesmo as escolas em que trabalhamos, fomos enganados e tratados, novamente, como escória e meros idiotas. Eu mestrado e estou terminando o doutorado, nunca me senti tão humilhado em toda minha vida. Como teremos cabeça para seguir dando aula até o final de março? Disseram que receberemos os atrasados no pagamento de março, assim as contas terão mais juros, o imposto de renda nos pega e perderemos muito com isso.

Gostaria que me ajudasse e ajudasse aos meus colegas PSS, escrevendo sobre o assunto, buscando detalhes e mexendo na ferida do governo e demais órgãos, principalmente da APP sindicato, que se diz na luta, mas é apenas para os efetivos, pois agora com a greve, que não acontecerá, pois os 33 mil PSS não aceitarão fazer greve, pois o governos os amarrou com essas folhas de pagamento de ficção. Um grande abraço e coloco-me a disposição para falar mais. Obrigado.

Professor A. M.
União da Vitória – Paraná”.

47 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. MEU eMAL É [email protected]

  2. Me inscrevi no processo simplificado em 2012, saiu a relação ocupava o 141º lugar, na chamada meu nome não constava, não sou do PR, tbem não participei da atribuição, vou participar no próximo ano, mas por que isso ocorreu, ja enviei vários Email para a ouvidoria, sindicato, sem nenhuma resposta, estou pensando enviar agora para o ministério público, quem sabe me dão uma resposta.
    Mas se alguém poder me esclarecer por favor entre em contato comigo por Email se possível.
    grato.

  3. Passo por uma situação muito parecida com a da carta… Desde fevereiro não recebo corretamente pela carga horária que tenho. Ligo na escola e o problema está no RH, ligo no RH e o problema já está sendo resolvido. No final das contas, não posso largar tudo porque ai sim nunca mais receberei, e fico como idiota, já que o Governo paga como e quando quer, sem juros ou nenhum tipo de correção monetária pelo atraso.

  4. Não sou professor mas vejo que, a APP tem um compromisso sim com os professores do PSS, tem cobrado na mesa de negociações deste o governo do Requião,é so acompanhar. Vejo que o descaso com os professores é muito grande, os professores concursados tem certo preconceitos com os PSS, só que eles esquecem se não fossem os PSS, seria impossivel funcionar qualquer colégio.Portando vamos unir PSS e concursados, respeito é moeda de troca. Tem muito professor concursado que fazem muito tempo que não entram em uma sala de aula.

  5. Será que a recuperação e industrialização do nióbio brasileiro poderá mudar essa situação – visto que o primeiro mundo faz farra intelectual com nossa matéria prima. Aos olhos dos órgãos e congresso nacional tudo isso não existe – bem como os professores pss.

  6. Fui professor PSS desde o ano de 2008, infelizmente pelo desrespeito do atual governo para com a categoria contratada pedi demissão. Compartilho de angústias semelhantes ao do Professor de União da Vitória. O atual governante do estado do Paraná se diz o governo do respeito e do diálogo, pois bem tive o prazer de trabalhar na época Requião podem falar do cara mas ele tinha respoeito por todas as classes, com todo respeito ao Professor QPM e seus méritos adquiridos pelo concurso público, porém na linha de pensamento do colega professor aconteceu-me algo semelhante, o qual deixou-me chateado e levando a desistir da docência. Havia pego 32 h/a e uma professora QPM recusou-se a assumir as chamadas aulas extraordinárias e eu assumi todas. Enfim em Maio o governo possibilitou irracionalmente que os efetivos poderia atingir a carga de 60 horas semanais, conclusão eu fiquei sem uma aula até setembro quando começou as licenças especiais. Concluo dizendo que Requião jamais permitiu professor efetivo “tomar,arrancar” aula de PSS para extraordinária, era permitodo apenas em caso de lotar o padrão mas para extraordinárias nunca, porque o mesmo alegava que isso era respeito pelo professor, embora fosse temporário mas o mesmo programou-se para viver com aquele valor salarial. Sem falar no bom senso de aulguns colegas efetivos como dizem “QPM (Quem Pode Mais). Mas não culpo professores pois o fazem muitas vezes em virtudes de baixissimos salários que recebem, governador respeite os professores e os PSS votam. Sinto saudades de sala de aula hoje einfelizmente, estou trabalhando em área distinda e mestrando em línguistica.

  7. É lastimável ler uma carta como essa! Pois tem informações que não procedem, como a crítica ao sindicato. Por que os PSS querem um setor apenas para eles na APP? Eles são tão importantes quantos os QPM. Devemos nos unir e não nos fragmentar. Pois fragmentar a categoria é papel do governo. É graças a luta sindical que todos (PSS e QPM) tem uma série de avanços. Ou será que PSS não tem a mesma quantidade de hora atividade que o QPM? Ou será que quando vem o reajuste para o QPM não vem para o PSS. Por isso eu discordo veementemente quanto a crítica ao movimento sindical. Quer ter legitimidade, identifique-se Professor A.M. Senhor Esmael tome um pouco mais de cuidado ao divulgar informações que não refletem a realidade.

  8. Eu sou professor efetivo e também recebi somente pelas aulas que tinha em dezembro, ou seja 20 aulas. Mas desde o dia 01/02/2013 estou trabalhando 45 aulas.
    Pagar as contas ficou para o final de março do que restar depois da mordida do Leão.

  9. Perdão – uma verdadeira

  10. Juca,
    os inúmeros comissionados do governo Beto Richa, entram pelas portas do fundo, recebem um verdadeira fortuna para os padrões brasileiros (não prestam concurso) e, a grande maioria não faz absolutamente nada, a não ser retirar o salário no final do mês no banco de preferência. Tenho certeza absoluta, muitos quando faltam ao trabalho não fazem nenhuma diferença, nem sequer a sua ausência é percebida, muito diferente desse (a) professor (a), que trabalha muito e quando o governo resolver pagar seu salário, receberá uma quantia incompatível para um profissional com nível superior.
    Um professor quando falta ao trabalho transforma a rotina de uma escola num verdadeiro caos, são 30 ou mais alunos jogados no pátio a cada 50 minutos, ou seja fazem falta, já os milhares de comissionados do governo Beto Richa não fazem falta nenhuma, foram encostados em alguma secretaria para satisfazer os aliados do governador.

  11. Concurso público, resolve já este problema de PSS. O camarada quer entrar sem estudar e ganhar uma fortuna….

    • Juca o governo nos considera verdadeiros incompetentes , aguarde a prova desse concurso 2013 , 3 etapas não se esqueça…

  12. ao inves de pss o estado deveria ter um quadro de professores “moveis”, sem padrão. efetivos. Para atender eventualidades e afastamentos. Que são muitos.
    E na eventualidade de não terem onde atender fariam meio periodo administrativo e preparação de material didatico.
    seria mais lógico e eles teriam carreira como qualquer outro efetivo.

  13. É admiravel ouvir colegas denegrindo a APP, mas basta olhar que o faz, para saber que são os que não lutam, defedem ou mesmo discultem os problemas da educação, ser beneficiado, todos querem, mas, quem é a APP, se não nós?O que conseguimos até o momento foi com a luta e o enfretamento feito frente aos mais váriados governos, quando for beneciado, mostrem honestidade e não aceitem.

    • Gostei do comentário Professor Célio! Coerente e sensato como todos nós da educação devemos ser.

    • Outro ignorante ganha muito bem para isso? ou é um coitado que se contenta com pouco. As coisas mudaram querido acorde!

  14. Por que este “professor” não faz concurso público? Meus pais são professores e estão satisfeitos com a carreira belíssima que fizeram. Tem alguns que sonham apenas em ter vida boa dando aula, que na verdade é só isso que fazem mesmo, dão aula, pois não ensinam porcaria nenhuma. Meu pai e minha mãe são mestres em educação e os salários deles é de certa forma muito bom, mas tem uns e outros que se formam em cursos suspeitos de pedagogia e já querem sair ganhando R$ 3 mil por mês. Vão se esforçar cambada de desocupados que só querem fazer zueira, estudem e melhorem sua qualificação que seus salários com certeza melhoram também. Estes pode trocar de governo todo ano que estarão sempre reclamando dos governantes, jogando toda culpa de sua incapacidade nos gestores.

    • Você chegou mesmo a ler a carta deste profissional da educação? Sabe se ele vai prestar o concurso deste ano este ano ou se os concursos são realizados todos os anos? O professor que fez tal denúncia é mestre e faz doutorado, você ainda o massacra falando sobre melhorar a sua capacitação colocando em um grupo de desocupados quando tal profissional escolhe dar 32 aulas dividas em 5 dias da semana. E sim, eu acho que os professores devem sim serem tratados como profissionais da educação de fato e devem ganhar muito, mas muito mais que 3 mil reais. Eu nunca li uma declaração tão elitista como esta que Alexxia colocou aqui.

    • Quanta ignorância….Não lê a matéria e quer dá pitacos.

  15. Ele está coberto de razão, os professores pss, são tratados como bucha de canhão. Mão de obra barata e desprezível, depois querem que todos apresentem um trabalho de qualidade e alto nível, como? A pessoa só tem preocupações com o salário na cabeça. Já passou da hora de se ter mais respeito e dignidade pela profissão.

  16. Foi o que falei e os professores me criticaram e me ofenderam….. a APP, não defende os professores, pois só sabem subir em caminhão de SOm e gritar palavras de ordem, não sentam a Bunda na cadeira pra negociar. A APP, virou intrumento de politicagem e não de Defesa dos Professores, quando será que vão enxergar isso????

    • Senhor Vitor, por falar em enxergar, é melhor o senhor abrir os olhos. Pois o senhor tem demonstrado que tem pouco ou nenhum conhecimento sobre a luta sindical, assim como parece que quer desunir a categoria, fazendo claramente papel de governo. Por isso, entendo que ao invés de criticar, simplesmente por criticar, nós devemos nos unir. Afinal todos nós somos a sindicato. Portanto, vamos a luta. E a negociação ocorre sim e isso só não vê quem não quer.

  17. De volta ao sempre atual tema da valorização dos profissional.

    Efetivo ou PSS, Concursado ou Comissionado, Estagio Probatório ou Quadro Definitivo.

    Cada um com os regulamentos que regem cada uma das funções, suas peculiaridades, mas todos os detentores destes cargos possuem, entre vários outros, estes indeclináveis direitos: Voz e Respeito.

    Todo e qualquer governo que se preze democrático, portanto vale para Prefeitos, Governadores e Presidenta, deve possuir uma Comissão Permanente de atenção às reinvidicações classistas, até mesmo funcionando na qualidade de subnúcleo da própria ouvidoria já existente.

    Esta comissão, criada por Decreto, deve atender os órgãos de representação e pautar o mais rápido possível reuniões com os chefes do respectivo executivo, não para serem tomadas imediatamente decisões salariais, pois é sabido que a aplicação da LRF e o referendo do Legislativo se impõe para decisões deste porte, mas para demonstrar um mínimo de consideração a esta gama diversa de servidores e seus representantes.

    Deve-se extirpar, se é que existe, a concepção de avaliar primeiro o posicionamento político eleitoral de determinada categoria profissional, se apoiaram A ou B nas eleições, para decidir se serão atendidos por determinado governo ou não.

    O investimento neste Capital Humano é aplicação direcionada ao bem estar da população, que é servida diariamente dos serviços prestados por estes funcionários públicos ou assemelhados.

    Não se pode dizer sim para tudo ou para todos, mas tratar estas categorias com dignidade e respeito, lhe dando voz, sentando-se ao seu lado para tratar de assuntos vitais para o exercício das funções, é o mínimo que não se pede, SE EXIGE de um governante.

  18. As vezes sinto vergonha de alguns colegas ou é ingenuidade ou burrice mesmo. Como é que o cara quer receber sem ter trabalhado? O cara somente escolheu as turmas que iria trabalhar neste ano. Efetivamente, o sujeito começou a trabalhar no dia 04 de fevereiro, portanto, só tem direito a receber depois disso. E não é o fato de ser PSS ou Efetivo, é muita ingenuidade mesmo…

  19. Beto, conseguindo acabar com a educação no Paraná. Falando em Uniao da Vitoria, viram no blog do Campana que o Beto esteve la ontem? Ta feia a coisa pra ele, parece que nem pro 2º turno vai conseguir chegar em 2014.

  20. Esmael,
    no site da Secretaria de Estado da Educação, existe um e-mail público (Expresso e-mail) cuja função é informar os professores dos cursos, eventos, enformes de órgãos públicos, entre outros assuntos. Entretanto, está sendo utilizado para fazer propaganda para o governador, os recursos públicos estão sendo utilizados pelo governador para promoção pessoal.
    Lhe faço uma pergunta, esse tipo de procedimento é legal?
    Exemplo na integra do e-mail enviado pela Secretaria de Educação aos professores:
    Richa é aprovado por
    73% dos paranaenses

    O governador do Paraná, Beto Richa continua muito bem avaliado pela população conforme pesquisa Ibope, divulgada nesta quarta-feira, 27, pela Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná (ADI). Richa é aprovado por 73% dos paranaenses e na avaliação pessoal, o governador recebeu nota 8.

    “Recebo com muita humildade. São números que demonstram aprovação do nosso governo. O resultado de dois anos de administração que começam aparecer cada vez com mais evidência de forma mais intensa de todas as áreas de administração que reflete o bom momento que atravessa o Estado”, disse Richa.

    O Ibope fez 2.002 entrevistas em 12 regiões do estado, considerando as variantes de sexo, idade, grau de instrução e renda familiar, entre 16 e 22 de fevereiro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Na pergunta que rendeu 73% de aprovação a Beto Richa, a desaprovação ficou em 18%, já que pouco mais que 8% dos entrevistados disseram não saber responder à pergunta.

    Avanços – Ainda segundo o governador, a pesquisa já registra os avanços conquistados no primeiro período de mandato – os dois primeiros anos. “Avançamos na educação, saúde, segurança pública, geração de emprego e renda aos paranaenses. Temos o maior ciclo industrial e a maior política habitacional da história do Paranᔝ.

    “Eu fico feliz, agradecido pelo reconhecimento dos paranaenses. Fazemos uma gestão democrática com a participação de todos. Isso nos motiva a trabalhar cada vez mais diante do reconhecimento da aprovação e demonstração de confiança dos paranaenses no nosso governo. Fico honrado e procuro fazer jus a essa confiança”, completou Richa.

    Para o diretor do Ibope, Hélio Gastaldi, o resultado da pesquisa sobre o Governo Richa é muito bom, considerando que foram apenas dois anos de governo. “É um alto índice de aprovação, difícil de ser alcançado em apenas dois anos. Este índice pode crescer ainda mais, pois a nota dada ao governador é excelente. Poucos governantes recebem nota 8 no Brasil, onde a população é muito crítica em relação ao governo”, diz Gastaldi.

    Avaliação – O governo Beto Richa é bem avaliado nas 12 regiões pesquisadas pelo Ibope e a aprovação é superior aos 73% no Noroeste (aprovação de 91%), Centro Ocidental (89%), Sudoeste (88%), Oeste (86%), Norte Pioneiro (77%) e Centro Sul (77%).

    A avaliação do governador, numa escala de zero a 10, também é superior à média geral dos 8,0 em regiões como Centro Ocidental (8,9), Noroeste (8,7), Sudoeste (8,6), Sudeste (8,4), Centro Oriental (8,4), Norte Pioneiro (8,4), Oeste (8,4) e Centro Sul (8,3).

    O grau de satisfação dos paranaenses com o Estado também é alto. Vinte por cento responderam que estão “muito satisfeitos” em morar no Paraná. Somados com os satisfeitos, esse percentual sobe para 89%.

    A pesquisa Ibope também levantou quais os maiores problemas na opinião dos paranaenses. A área de saúde foi a mais mencionada, com 33%. Segurança ficou em segundo lugar, com 21%, e educação em terceiro, com 10%. Os paranaenses nomearam ainda como maiores problemas o desemprego (9%), as estradas (7%) e o pedágio (6%).

    Hélio Gastaldi, diretor do Ibope, avalia que saúde, segurança e educação são problemas conjunturais no Brasil, áreas sempre mal avaliadas nas pesquisas, municipais, estaduais ou federais. “Em todas as pesquisas, essas áreas são questionadas pela população porque são vitais, com grandes carências em nosso País, por mais que os governos façam boas ações, a população sempre vai exigir mais”, afirmou.

    ApagarMoverImprimirExportar

  21. Um dia eu postei numa atualização de status da APP no Facebook: APPELEGÃO!
    No mesmo instante fui adicionada por uma ‘representante’ do tal presidente. Como me arrependo amargamente de ter aceito o tal convite…
    Conheci o tal presidente da APPelegão quando eu trabalha num colégio estadual localizado no bairro Portão. Ele estava radiante diante da eleição de Beto Richa, que falta de noção da realidade tem esse homem, pensei…
    Um dia quando eu fui assumir minha vaga PSS em Pinhais depois de ter cumprido rigorosamente todos os passos desde a inscrição e ter conseguido obter toda documentação eu chego no colégio e a minha vaga já era de outras 3 pessoas. Parece que Beto Richa fez das vagas do PSS pagamento de alguma coisa que eu nem vou arriscar dizer…
    2014 está aí tucaninho, vc n perde por esperar 🙂

    • Pois é Meg, a APP defendeu a eleição do BETO, e os professores…. acompanharam, votando em massa no Playboy.

      • Penso que algumas pessoas tem memória curta. A APP-Sindicato nunca defendeu a eleição de Beto Richa, a APP-Sindicato é uma entidade séria que trabalha na defesa dos educadores do Paraná. Nunca se furtou a defesa e a luta pelos direitos dos professores e funcionários. Os professores devem procurar a APP e participar da vida da entidade. Muitos professores não são sindicalizados, não fazem nada pela luta e pela organização, mas gostam de criticar. Vamos fazer a nossa parte primeiro e depois cobrar.

        • Eu liguei, eu procurei. Fui mal atendida como se o meu problema não fosse NADA!
          Logo, não retiro minha crítica

          • Não seja leviana Meg! Essas suas informações não procedem, pois uma entidade séria deve ser respeitada. É graças a luta sindical que os trabalhadores em educação tem avançado nos últimos anos. Venha, faça a luta e não fique ai apenas reclamando. Vamos manter a unidade, venha a luta!

          • Se o sindicato não funciona , considerando que o número de professores contratados é maior que os efetivos, pode ser criado uma associação dos PPS, com os mesmos moldes do sindicato, a lei permite. o que não pode é ter dois sindicatos para a mesma classe , mais um sindicato e uma associação pode, os professores deveriam se organizar e criar uma associação. Infelizmente o sindicato é uma entidade enfraquecida, a mercê do aparelho ideológico do estado.
            pensem nisso.

        • Eu fui ao sindicato dois anos atrás quando o NRE estava distribuindo aulas do PSS ignorando a ordem do Edital, os funcionários foram extremamente mal educados e disseram que eles não tinham nada a ver com isso. tudo pelego

        • A APP sindicato já fez muita coisa e quando voltar a se ocupar com a Representatividade da classe, poderá fazer muito mais. No momento são só falatórios, negociações e justificativas que não dão em nada. Por acaso no Paraná é ofertado algum benefício “a mais” para os professores? Não, nem se quer conseguem seguir as leis federais.

      • É lastimável esse seu comentário senhor Vitor! Além de não ser verdade, não reflete a realidade. É importante o senhor se informar melhor antes de falar coisas que não procedem.

  22. Tem que fazer concurso e ponto. E a maioria dos Pss não vai passar.

    E resolve-se o problema.

    • 111Por que vc acha que PSS não passa? Essa eu não entendi!!
      Como podemos ré-julgar a capacidade das pessoas?Quer critérios vc usou para chegar a essa conclusão\//

    • Pss é as vezes muito melhor que os efetivos , seu concurso foi da época que tinha pouca concorrência ,garanto , faz esse e publica aqui que vc foi aprovado, lembrando claro que vc não leu o edital , são 3 etapas que o seu querido governador propôs …

    • Ser pss não é uma questão de competência, e sim de tempo. Comecei minha faculdade em 2009. Como muitos professores pss que conheço, não estava formado em 2007. Farei o concurso, irei passar, como acontecerá com a maioria. Bons e maus professores você encontra em todos os lugares, pss ou concursado. Nas escolas por onde passei normalmente os pss são mais animados, interessados, comprometidos. O Estado trata mal esses profissionais e vai acabar ficando sem mão de obra, ou vai ficar com a mão de obra menos qualificada, pois as instituições particulares começam a assimilar toda mão de obra qualificada que hoje está mais difícil de encontrar. Eu tenho um concurso na prefeitura (por sinal muito mais difícil de passar) leciono em colégio particular e não vejo desmérito nenhum em dizer que sou pss no estado.

    • Sua opinião acentua seu caráter hipócrita e elitista, de quem concorda que o Estado beneficie a classe política e o judiciário com gordos salários e auxílios absurdos enquanto terceiriza e precariza o trabalho na saúde e na educação com regimes contratuais omissos, injustos e exploratórios. Você é o tipo de pessoa egoísta, prepotente, que não vê um palmo adiante da própria arrogância.

  23. Esmael, eu quero agradecer você pelo espaço que sempre dedica à educação pública. Isto mostra que é um homem de visão, que enxerga o futuro. Independente do tema desta sua reportagem, o PSS, eu acho que a APP-Sindicato precisa homenageá-lo por provocar a discussão entre nós e o governo (sou do quadro próprio). Você representa a nova imprensa inteligente no Paraná e no Brasil. Eu sempre indico o seu blog para meus alunos e colegas pedagogos. Muito obrigada. Parabéns pelo seu trabalho!

    • Professora você faz parte de poucos professores que tem essa visão dos pss.
      A App não dar valor para o Pss pois não gera lucro ao cofre do sindicato pois muitos não são afiliados a eles. E a app não sabe que a greve de 100% dos professores não acontecera pois os pss no qual eles desprezam não vão poder aderir a greve com risco de ter seu contrato rescindido pelo estado.
      Mao de obra os estado tem para contratar e não quer saber de qualificação dos profissional pois na fila de inscritos de pss tem um monte esperando abrir vaga. E que eu sempre falei aqui se a classe não se unir e uma não proteger o outro nenhuma pressão sobre o governo terá exito.
      Pode pegar todas as questões dos tucanos no Brasil e ver primeira coisa a ser sucateada por eles são a educação e a saudê. O FHC quase acabou com a escolas técnica federal.
      E quem for fazer greve e for par ao palácio do iguaçu cuidado com os cavalos pois o PSDB tem essa mania não foi só o Alvaro dias que mandou a cavalaria em cima dos professores o Jose serra também já mandou a cavalaria em cima do professores e estudantes da USP.

  24. Já passou dos limites. Já é caso de polícia, sei lá!!!