Crea-PR anuncia apoio à  construção da ponte Matinhos-Guaratuba

Presidente do Crea, Joel Krà¼ger. Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo.

Presidente do Crea, Joel Krà¼ger. Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), por meio de seu presidente, engenheiro civil Joel Krà¼ger, informou que o órgão apoia incondicionalmente a campanha pela construção da ponte Matinhos-Guaratuba.

Segundo Krà¼ger, que também é secretário Municipal do Trânsito de Curitiba, a construção da ponte sobre a baía de Guaratuba está prevista no Plano Estadual de Logística e Transporte para o Estado do Paraná (PELT 2020), que tem ainda como parceiros a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), o Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado do Paraná (Sicepot – PR) e o Instituto de Engenharia do Paraná (IEP).

No final de janeiro, o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, em carta enviada a este blog, ao ressaltar a importância da obra no Litoral, disse que facilitará o fluxo de turistas e trará o consequente aumento do volume do comércio, turismo e prestação de serviços local! (relembre clicando aqui).

Além do Crea e da Fiep, apoiam a campanha pela construção imediata da ponte Matinhos-Guaratuba, lançada por este blog no final do ano passado, entidades como a Assindilitoral (Associação de Hotéis, Restaurantes, Bares, Casas Noturnas e Prestadores de Serviço e Similares do Litoral Paranaense) e UGT (União Geral dos Trabalhadores), dentre outras lideranças políticas e empresariais.

Leia também:

Fiep anuncia apoio à  campanha pela construção da ponte Matinhos-Guaratuba

Auditoria do MP vê superfaturamento na tarifa do ferryboat na baía de Guaratuba

UGT anuncia apoio à  campanha pela ponte Matinhos-Guaratuba

Pessuti entra na campanha pela ponte Matinhos-Guaratuba

Enquanto a ponte não sai, Justiça obriga empresa de ferryboat melhorar serviço

Assindilitoral declara apoio à  campanha pela construção da ponte Matinhos-Guaratuba

Bruxo manda recado para Richa e Gleisi: A ponte Matinhos-Guaratuba é a ponte para o Palácio Iguaçu!

Governo do Paraná desrespeita Constituição ao não construir ponte Matinhos-Guaratuba

Blog lança campanha pela construção da ponte Matinhos-Guaratuba

28 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Completamente a favor.. Algo como estão fazendo em Laguna, algo legal, algo que além de mto bonito, seja gasto mesmo.. Traga benefícios para o pessoal do litoral.. Para esse monte de babaca que não mora lá, deixe suas opiniões para si!!
    Roubar din-din publico, de um jeito ou de outo ja acontece.

  2. Sou a favor da construção. Coisa que deveria ter sido feito há tempos ainda há esse debate interminável.

  3. O dinheiro investido para construção da ponte seria de capital privado e não público, não nos importamos de pagar pedágio, desde que tenhamos agilidade e segurança para a travessia. A cidade de Guaratuba está dividida em dois, pois a prainha e tabaraquara, onde fica o iate de caiobá, é pertencente a Guaratuba. Muitos moradores que lá residem não podem ser atendidos em Matinhos, nem registrar imóveis ou fazer negócios por lá, cartórios e serviços como luz e agua por exemplo, tem que atravessar a balsa que muitas vezes principalmente em temporadas desistem devido ao movimento. Sou comerciante e entrego produtos em todo litoral e Paranaguá, mas devido a demora da trravessia, inclusive fora de temporada, qdo se reduzem o numero de balsas, perco muito tempo nessa operação. Se houvesse a ponte, o intercâmbio entre as cidades seria um fator enorme de desenvolvimento da região. Quero a ponte, não acho nenhum desperdício de dinheiro uma ação que visa o desenvolvimento social e econômico de uma região. Desperdício do dinheiro público é a ponte estaiada que liga nada a lugar algum e visa somente a promoção de que a fez!

  4. Será a ponte mais cara se for considerado o custo beneficio, e de quebra, sobre um mar de bosta…rsrrrs.

  5. Não adianta apenas dizer que apoia sem agir, precisamos de uma união de todas as entidades e fazer uma manifestação de peso, para ver se conseguimos abrir os olhos do governador a fazer essa ponte, quem critica a ponte, não sabe as dificuldades enfrentadas por todos os paranaense, principalmente as pessoas que moram naquela região, é lamentavel, ver o sofrimento de alunos que precisam se deslocar de um lado pro outro, pessoas que trabalham em Guaratuba e mora em Matinhos ou vice e versa, sem falar que um trejo de 800 metros não ter uma ponte é uma vergonha a todos nós paranaense, por isso eu peço, vamos parar de falar e vamos agir, so assim conseguiremos força pra fazer desse sonho uma realidade, os eventos estão sendo marcado pelo grupo ” Ponte de Guaratuba JA”, então vamos falar menos e vamos agir mais, so assim conseguiremos. Alex Fatel.

  6. Eu sou conselheiro do CREA e não apoio a construção da ponte. Obra desnecessária e voluptuária. Isso é lobby de empreiteiro de obras. O CREA devia representar os engenheiros e não os patrões.
    Certo o Sabichão, só falta o Joel querer ser presidente da “PONTE”.

  7. Como um cara pode ser secretário de Trânsito e presidente do Crea? Alô engenheiros, não adianta reclamar que a categoria não é representada e está afundando! Com 2 cargos nenhum tem resultado!

  8. O (des) governador Beto Richa, reza lenda é formado em engenharia civil pela PUC!
    Pergunta: Será que ele por força do diploma concorda com o CREA?

  9. até que em fim as autoridades da inflaestrtura se mexeram .

  10. 1° – esta ponte depois de pronta pode ser padagiada, cuidado!!

    2° – o crea recebe tanto dinheiro dos profissionais com suas anuidades e cadê, onde vai parar este dinheiro? ? ? ? ? ?
    crea ??

  11. Quem sabe o Joel não vira o presidente a ponte Também !!!

  12. Esmael é Guaratuba – Guaratuba.
    Agora sem brincadeira; Este projeto não era do Pessuti em seus ultimos dias de mandato?
    Abraço

  13. Uma ponte ali com várias melhorias na estrada que liga Garuva a esta ponte até a 277, traria um grande movimento para o litoral do Paraná. Desde que esta “nova” estrada melhorada não seja cedida ao mesmo grupo que administra os atuais pedágios do Paraná pois senão ficará inviável.

  14. O CREA-PR deveria se preocupar um pouco também com os profissionais que mantem esse sistema e apoiar os Engenheiros das prefeituras que recebem um salário mediocre, por exemplo em Francisco Beltrão no Sudoeste do Estado os Engenheiros receberam no mês de janeiro uma remuneraçao bruta de R$ 1.774,34 para uma jornada de 40 horas semanais, fruto de uma politica enganosa que permite aos prefeitos atraves de Estatutos ultrapassados fazer negociatas de funçoes gratificadas para aqueles que lhes interessam praticamente extorquindo os funcionarios na cobrança de produtividade sob ameaças de perderem suas gratificaçoes, e isto é generalizado, tem prefeituras onde os prefeitos são engenheiros e não pagam o mínimo para os seus profissionais, isso me parece até falta de ética com os colegas uma vez que antes de assumir o discurso era de valorizacão profissional, é preciso rever esta lei que isenta Estados e Municipios do pagamento mínimo profissional, aplicar a lei 4950/66 para todos, engenharia não é brincadeira.

  15. O APOIO DO CEREA-PR É MUITO IMPORTANTE.
    SE NÃO FOSSE O APOIO DELES EM PONTA GROSSA, JAMAIS TERÍAMOS
    EDIFÍCIO DE VIDRO COM BANHEIRO QUE DEIXA NOSSAS BANDAS EXPOSTAS AO PÚBLICO!
    GENTE COMPETENTE TECH TECH !!!

  16. ÔPA, AGORA COMECEI A SENTIR FIRMEZA. TÔ ACREDITANDO QUE A PONTE VAI SER FEITA!

  17. Importante ponte para o desenvolvimento do Paraná e do litoral. No entanto, esta ponte não deve ser de interesse dos pedágios do Paraná uma vez que haverá concorrência. O problema é que se os mesmos que colocaram o atual pedágio cobrarem as mesmas taxas absurdas que hoje são cobradas.

  18. Esmael,

    Tinha que perguntar para o pessoal do crea, como vamos fazer com o fluxo da temporada e de caminhões etc passando pela estrada Garuva e por Guaratuba!

    Eu desconheco, mais tem alguma estrada ou rua que desvie o fluxo?
    Tipo um contorno? se tiver acho que ai sim a ponte resolve!!!
    Se existir um projeto voce poderia publica-lo?
    Obrigado,

    • A ponte Matinho-Guaratuba não se esgota em si. Trata-se de um pacote de obras, duplicações, trevos, trincheiras, novas pistas, etc.

    • A BR 101 esta projetada para ao chegar na Colonia Pereira ir a Cubatão e dai a Garuva. O projeto da ponte deve ser discutido em audiência pùblica porem, penso que deva servir apenas a trafego local e não o da BR 101.

  19. e acho justo

  20. Caro Edson Ribas,

    Concordo plenamente com você….

    As pessoas do Blog estão mais preocupadas em “bater” no Governo do que apresentar realmente uma proposta viável e definitiva!!!!

    Acho que seria melhor investir essa “grana” no litoral (escola, creche, infra-estrutura etc)…

    Se tivermos uma estrada propria para isto… Ai sim uma ponte!!!

  21. Gostaria de perguntar para quem possa me responder tecnicamente…

    Não seria importante construir a BR101 no estado do Parana? Para que serve esta ponte sem a estrada? Seria apenas para o fluxo de temporada? E fora dela?
    Acredito que sem uma estrada para justificar tal investimento, seria jogar dinheiro publico no mar…
    Seria mais correto na minha opinião melhorar o serviço do ferry com balsas maiores (o que resolve o fluxo da temporada)…
    Acho que fazer uma ponte para ficar 9 meses praticamente parada é um absurdo… Se tivermos a BR101 com fluxo para o Porto, ou ligando os estados do sul ate a BR101 de SP que faz toda a costa brasileira (exeto PR acredito) a ponte é uma realidade necessaria…
    Agora, imaginem voces como ficaria o transito de Garuva, e de guaratuba com um fluxo de caminhoes para passar a suposta ponte para chegar ate paranagua, e a Alexandra? Isto ira acabar com a “temporada”…

    • O Plano Estadual de Logística e Transporte 2.020 elaborado pelo CREA-PR e pela FIEP preve exatamente a execução da BR-101 no Paraná, podendo passar por esta ponte, indo até Antonina, Cachoeira de Cima e subindo a serra para encontrar a BR 116 em Alpino, economizando cerca de 80 Km em direção a Itajai.

    • Fluxo de Temporada !!!!!! Não faça comentarios sobre assuntos que voce não conheça………9 meses parada…você deve estar de brincadeira..que tal primeiro conhecer o nosso litoral o ano todo?

    • Como já é do conhecimento de todos, o Balneário do Paraná (Guaratuba-município dividido pela Baía-isolado de todos os municípios vizinhos) é desprovido de garantia de acesso e de egresso. De um lado nos conduzem por balsas (verdadeiros estrupícios), que ferem nosso orgulho e a nossa dignidade de cidadãos. Do outro lado um caminho emprestado do estado vizinho, com seus múltiplos problemas e gargalos, que frustram e consomem o prazer de uma viagem. Por isso a Ponte se faz necessária, assim como a água e o ar o são para a vida…, pois ponte é vida, e sua ausência é morte. Pedimos a todos os cidadãos paranaenses que se juntem a essa causa…justa e necessária… urgente e importante. A todos que concordam, progressistas e democratas, pedimos a gentileza da ajuda e do apoio (assinando e divulgando para seus contatos). Essa é uma ação de todos para todos, é um exercício do direito e da soberania. Ponte Urgente sim, pois passeio e trabalho não podem ser prejudicados pela ausência de práticos e agradáveis caminhos de ir e vir, nem tampouco a saúde!

      ASSINE COPIANDO O LINK ABAIXO E DIVULGUE PARA SEUS CONTATOS E AMIGOS – PARA O BEM DE GUARATUBA E DO PARANÁ! TODA A POPULAÇÃO AGRADECE!

      http://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/ponte-sobre-a-ba%C3%ADa-de-guaratuba-uma-quest%C3%A3o-de-civilidade-justi%C3%A7a-e-cidadania