Richa troca candidato na Assomec. Agora é Tolardo, de Quatro Barras

Richa defenestrou o tucano Chico Santos e adotou Tolardo para enfrentar o petista Luizão.

Richa defenestra o tucano Chico e adota Tolardo para enfrentar o petista Luizão.

O governador Beto Richa (PSDB) mandou trocar o prefeito que vai disputar a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec). Era Chico Santos (PSDB), de Fazenda Rio Grande. Agora é Loreno Tolardo (PSD), de Quatro Barras.

A troca de candidato, na véspera do enfrentamento na entidade que reúne 29 prefeitos, mostra o grau de tensão entre os comandos do tucano e da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT). A eleição de amanhã é considerada uma prévia de 2014, por isso a importância da disputa.

O candidato ligado a Gleisi é o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), reeleito com 94% dos votos. Foi o mais votado do país nas últimas eleições municipais.

A região metropolitana de Curitiba congrega um terço da população e dos eleitores do Paraná. São 3,2 milhões de habitantes e 2,2 milhões de almas aptas a escolher governantes.

O enfrentamento na Assomec será nesta quarta-feira (16), a partir das 9h30 horas, em Colombo.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. BOA EMILIO!!! No mundo, ñ é qualquer um q ganha uma eleição de Prefeito com 94%… é quase uma unanimidade!!

  2. Ah tá bom mesmo que o Tolardo é do consenso”¦. que piada”¦..A eleição do Chico não implacou pq ele está sendo cassado por improbidade administrativa”¦.Este era o candidato principal do Beto, mas como houve esta situação escolheram o Tolardão e querem passar o migué que ele é voto consensual”¦.por favor n锦.o Governador está borrando as calças pq parece que irá perder mais uma vez”¦.é uma pena que esta eleição esteja assim”¦.pelo o que acompanhamos, já há muito tempo o Luizáo tem este discurso de integração da Metropolitana e tenho a certeza que os prefeitos, se não tivessem recebido esta pressão o elegeriam por unanimidade o presidente da Assomec”¦.pois o Luizão tem muito mais legitimidade”¦..

  3. Não adianta mudar de candidato

  4. Considero que os comentarios do colunista não sao corretos pois a participação do Prefeito Tolardo surgiu para que houvesse uma eleição consenssual, pois num interesse coletivo a polarizaçao nao e construtiva, as Prefeituras depedem tanto de recursos federais como estaduais…e a Assomec como entidade deve representar todos.

    • Concordo com o Ronaldo, esta divisão na entidade só leva a mais brigas e rachas, isto é péssimo para uma entidade que representa todas as classes políticas daquela região.

      Transformam agora as entidades regionais em local de disputa pelo “poder”, para ver de que lado estará o presidente eleito, mas pergunto: “Isso vai mudar alguma coisa no cenário político em 2014”? Duvido muito, pois até lá tem muito prefeito que hoje votaria no candidato da Gleisi e vice versa, mas em 2014 por uma razão ou outra estará como o candidato contrário ao governo.

      Tolo quem pensa que o lado que ganhar ums disputa besta como esta, possa obter alguma vantagem lá na frente!

  5. Estes personagens me lembram muito a Revolução dos Bichos do Orwell . . .

  6. e o prefeito de Fazenda Rio Grande o que aconteceu com a sua candidatura???

  7. O Tolardo tem uma grande vantagem, além do apoio do governador: ele é tio do dinâmico e popular jornalista Fernando Cunha….

  8. Pinhais tem mais de 100.000 habitantes, e o PT reina naquelas terras… Quatro Barras mal tem 25.000 habitantes… a coisa tá feia mesmo…

  9. Na realidade, é a segunda prévia. A FIEP foi a primeira. Deu Gleisi.