Por Esmael Morais

Fruet planeja conceder, até maio, 33% de hora-atividade a professores, diz Sindicato

Publicado em 22/01/2013

A proposta da prefeitura de Curitiba, entretanto, ainda não contempla as profissionais do magistério que atuam nos CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil). A direção do SISMMAC cobrou que seja apresentado um prazo e cronograma de implementação para que esse direito seja assegurado também as professoras e professores da educação infantil como forma de respeitar a isonomia entre o conjunto da categoria.

O Sindicato também questionou se, caso a categoria aceite o prazo e o modelo de ampliação da hora-atividade apresentados pela prefeitura, a implementação será feita com garantia de respeito a todos os direitos do magistério, como a manutenção das corregentes e do número de alunos em sala.

A nova equipe da SME se comprometeu a respeitar as atuais condições de trabalho e afirmou que a ampliação da hora-atividade terá como prioridade a melhoria da qualidade da educação e do nível de aprendizagem.