Repórter do Paraná deixará o país após ser ameaçado

por Estelita Carazzai, via Folha de S. Paulo

crime_organizadoUm repórter do jornal “Gazeta do Povo”, de Curitiba, está sob proteção e deverá deixar o país em razão de ameaças recebidas após publicação de denúncias contra policiais civis do Paraná.

Ligações feitas anteontem à  Redação e aos diretores do jornal informaram que havia um plano para metralhar a casa do profissional que coordena a série de reportagens, Mauri Kà¶nig, 46.

Os proprietários da empresa também foram ameaçados.

Kà¶nig, repórter há 22 anos e vencedor de dois prêmios Esso Regional Sul, está sob proteção de seguranças e deixará o país nesta semana.

Os outros três jornalistas responsáveis pela publicação –Felippe Aníbal, Diego Ribeiro e Albari Rosa– também estão sob proteção.

O Gaeco, grupo formado por policiais e promotores que combatem o crime organizado, investiga o caso. O governo do Paraná declarou estar à  disposição do jornal.

A série “Polícia Fora da Lei”, publicada em maio, denunciou o mau uso de verba pública por policiais, entre outras irregularidades. O material foi finalista do Prêmio Esso Regional Sul deste ano.

Anteontem, uma sequência da série foi publicada, informando que as investigações estão paradas.

“Em maio, alguns policiais usaram um blog para postar ameaças contra nós”, disse Kà¶nig à  Folha. “Agora é mais grave. à‰ uma ameaça extensiva à  minha família”, disse ele, que também é diretor da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo).

Anteontem, o conselho da Polícia Civil rebateu a notícia, disse que as denúncias estão sob investigação e fez críticas à  “Gazeta do Povo”.

A Secretaria da Segurança Pública declarou que “não permitirá qualquer forma de ataque aos jornalistas que cumprem com seriedade e dedicação as funções que abraçaram”.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Policial corrupto é pior que ladrão, pior que assassino. É a maior vergonha para a sociedade. Policial corrupto é como uma mãe que abandona o filho, como um pai que abandona a família. Policial corrupto é o lixo da escória, o esgoto do submundo.
    Denunciá-los pode ser arriscado, perigoso e até insano, mas é nossa única saída.
    Denuncie! Publique!

  2. UIIIIIIIIII QUE MEDO DA POLICA…TCHAU… ESTOU DE MALAS PRONTAS PARA A PATAGONIA…

  3. Nunca vi alguém que goste de ser denunciado. Por que o policial fora da lei gostaria? É claro que vão reclamar?!

    Embora não de para entrar no mérito, uma pergunta ficar no ar: então por que as investigações estão paradas?

    Engraçado é que esse policiais dizem que foi apenas para vender jornal? Um acoberta o outro. E assim caminha nossa polícia, cujo padrão de vida está muito além da potencialidade de seus salários.

  4. Acho que não é prá tanto. Não vi nenhuma reportagem tão contundente que pudesse provocar isso. É um exagero.
    E quanto a reportagem fajuta desses últimos dias poucos dão credibilidade.
    Menos Gazeta do Povo, menos. Liberdade de imprensa sim, libertinagem, não.

  5. Grande mentira. FIzeram manchetes mentirosas contra as policias pra tentar vender um jornal deficitário. Viram q a população não é trouxa e não engole qualquer coisa pq as policiais mostraram as verdades E agora alguém liga para ameaçar o ambicioso jornalista q ama premio esso mesmo q deixe a verdade de lado, querendo mais show, cria este fato ridiculo. e as materias q eles fizeram não atingem criminosos mas o uso de vtrs, e a forma do uso. Não são profissionais valorozos como estes q iriam sujar as mãos por causa de matérias fracas, mesmo agressivas. Acordem. SHow, show, e mais show!!! E as policias pagam por receberem materias mentirosas, serem chamados de fora da lei, e agora de suspeitos de ameaças… Campanha forte dos oposicionistas bandas podres da atual adm da sesp, e não admitem a depuração. Acorda Gazeta do Povo e seus 3 presidentes q são pessoas sérias, mas delegam cegamente a pessoas sem compromisso com a verdade e com a sociedade.

  6. ISSO NÃO É NOVIDADE, E ESTÁ DISSEMINADO NAS DUAS POLICIAS E JÁ FAZ MUITOS ANOS.

  7. Eu não vou comentar nada. Eles podem querer matracar minha casinha também…Também tenho mêdo. Quem tem mêdo sou eu. O mêdo venceu a esperança!

  8. Êta puliça séria. O que eles querem é licenças, aposentadorias com doenças fajutas, salário maior que de professor, carros oficiais para passear, acobertar donos de bingos a de casas de prostituição, bater em cidadãos, etc.

  9. que pais e esse……que gowerno e esse…..que secretario de seguranca e esse…cade a liberdade da emprensa….

  10. A Gazeta produziu uma reportagem com informações falsas sobre existirem policiais respondendo processos e sendo promovidos. O Conselho da Polícia Civil emitiu nota mostrando a falta de credibilidade daquilo que é publicado neste jornal (não existem policiais respondo a processos sendo promovidos) e, logo em seguida, a Gazeta divulga que os repórteres que outrora fizeram a matéria sofreram ameaças. No mínimo a coincidência é muito estranha. Tá cheirando igual a conversa telefônica entre Membro do Ministério Público , Procurador de Justiça e ex-Senador Demostenes Torres e Gilmar Dantas …ops … Gilmar Mendes, Ministro do Supremo Tribunal Federal, e que acabou colocando em liberdade Daniel Mendes …ops… Daniel Dantas e mandou às favas todos os crimes apurados na operação Satiagraha. Ei Brasilzão velho de guerra, aqui o crime compensa, a mentira campeia, a incompetência graça e a ignorância brota !!!!!