Por que o jornal Gazeta do Povo censurou Alvaro Dias?

Senador Alvaro Dias (PSDB).

Senador Alvaro Dias (PSDB).

O senador Alvaro Dias (PSDB), novo paladino da Justiça e filho de adoção do PiG (Partido da Imprensa Golpista), foi severamente censurado pelo jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, que divulgou nesta quinta-feira (27) pesquisa sobre a corrida pelo governo do Paraná omitindo o seu nome.

O levantamento diz que os candidatos da oposição, juntos, têm 62% dos votos e o governador Beto Richa (PSDB) tem apenas 29% (leia mais sobre isso clicando aqui). Possivelmente, com Alvaro na jogada, a situação ficaria ainda mais crítica para o governador tucano.

Até as capivaras do tradicional Parque Barigui, na capital paranaense, sabem que Alvaro se coloca como candidato à  sucessão do arqui-inimigo Richa. Os dois não se bicam no ninho tucano desde há muitos anos. Em 2010, eles se pegaram feio por causa da vaga de candidato ao governo paranaense.

Pois bem, Alvaro Dias foi censurado na primeira sondagem para o governo do Paraná depois das eleições municipais de 2012. Quem reclama são os correligionários do líder do PSDB no Senado da República.

As perguntas teriam sido formuladas pelo jornal Gazeta do Povo. As entrevistas ficaram à  cargo da contratada, a Paraná Pesquisas !“ de Murilo Hidalgo.

Por que censuraram Alvaro? Medo de quê?

O senador tucano não tem chances de disputar o governo ou buscar a reeleição pelo PSDB. Hoje, ele tem duas alternativas palpáveis: PV e PDT.

Comentários encerrados.