Richa anuncia redução da tarifa do ferryboat, mas pedágio continua assunto proibido

Publicado em 28 novembro, 2012
Compartilhe agora!

Ferryboat faz a travessia entre Matinhos e Guaratuba. Foto: TransParaná.
O governador Beto Richa (PSDB) anunciou nesta quarta-feira (28) a redução de 18,64% da tarifa básica do ferryboat entre Guaratuba e Matinhos, no Litoral do Paraná. Com a medida, o preço da travessia cairá dos atuais R$ 5,90 para R$ 4,80 por eixo, beneficiando mais de um milhão de veículos que passam anualmente na região.

A medida é louvável, mas a questão do preço dos pedágios continua sendo assunto proibido no estado. Entidades ligadas ao setor produtivo reclamam que perdem competitividade devido ao custo elevado das tarifas nas rodovias concessionadas. Espera-se, portanto, a mesma atitude do governo em relação à s pedagiadoras.

Segundo Richa, a redução da tarifa do ferryboat é resultado de negociação entre o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e o Consórcio da Travessia de Guaratuba para a revisão tarifária, uma vez que a empresa não estava cumprindo o que determinava o contrato. No acordo fechado, o consórcio terá suas metas readequadas até cumprir as etapas definidas na concessão.

Independente da redução da tarifa, a empresa terá que investir na melhoria das travessias, com a ampliação da capacidade de transporte até 2014. Está prevista a ampliação da capacidade das embarcações, fazendo que sejam transportados 60 veículos por barcas, contra os atuais 48 veículos.

A nova tarifa não afeta o equilíbrio financeiro do contrato e também não prejudica investimentos futuros. Houve a redução para que o usuário final não pagasse por serviços que não foram prestados”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. Além da tarifa, a empresa conta com receita alternativa de contratos de propaganda e locações de áreas nos terminais.

Com informações da Agência Estadual de Notícias.

Compartilhe agora!

Comments are closed.