Em Paranaguá, sete pré-candidatos a deputado estadual e o risco de não eleger ninguém

O município de Paranaguá pode continuar sem deputado estadual.

à‰ grande a lista de pré-candidatos parnanguaras a deputado estadual em 2014. O bloco é puxado pelo filho do prefeito eleito, Marquinhos Roque, que foi nomeado pelo pai, Mário Roque, presidente do PMDB local. O rapaz pode assumir ainda a presidência da Câmara Municipal e, assim, começar sua campanha rumo à  Assembleia.

Também quer mudar para Curitiba o prefeito José Baka Filho (PDT), que cumpre o segundo mandato. O dirigente do PSDB, Alceuzinho Maron, igualmente sonha ficar mais perto do governador Beto Richa elegendo-se deputado estadual.

Os petistas André Pioli e Carlos Tortato, da mesma forma, estão de olho em um dos gabinetes da Assembleia Legislativa.

Para fechar a lista de pretendentes ao legislativo estadual, Mário Lobo Filho (PMDB) e Carlos Roberto Frisoli (PTB).

Resumo da ópera: pela quantidade de pré-candidatos, muito provavelmente, Paranaguá continuará sem representante na Assembleia Legislativa.

Comentários encerrados.