Veja essa: Outra vez, Ducci pede a censura de Ratão na campanha de Ratinho Junior

Ducci pede censura contra Ratão outra vez. Fotos: Fotos de Lina Faria.
Dois raios podem cair no mesmo lugar? Pode. Alguém que já deu um tiro no próprio pé com uma 12! pode disparar noutro pé com uma bazuca? Pode. Tudo pode ocorrer numa campanha, caro leitor. Principalmente quanto se trata de censura calculada! num processo eleitoral.

Este blog havia anunciado nesta tarde que a juíza Adriana Ayres Ferreira, da 4!ª Zona Eleitoral de Curitiba, concedeu liminar liberando a participação do apresentador Ratinho, pai do candidato a prefeito Ratinho Junior (PSC), em comícios de seu filho desde que não o faça como artista!.

Pois bem, não é que o prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato à  reeleição voltou pedir a censura ao Ratão? Isso mesmo! Os cuecas de seda! querem proibir o velho roedor de participar em comícios e reuniões de seu próprio filho.

Transcrevo o trecho do pedido de censura feita nesta noite pela coligação de Ducci:

Assim, em face do princípio DEVOLUTIVO dos recursos, impõem-se o reconhecimento do descumprimento da liminar e determinar, além do pagamento da multa, a impossibilidade do uso do pai artista em comícios e reuniões eleitorais (showmícios), por foca do que dispõe o art. 39, !§ 7!º, da Lei n !º 9.504/97!.

O advogado Guilherme Gonçalves, que representa a coligação de Ratinho Junior, lamentou a insistência de Ducci em censurar e confundir a figura de pai e cidadão com a de artista.

A tese é insustentável porque, se prevalecer a censura ao Ratinho, nenhum artista do país inteiro poderá manifestar sua preferência política enquanto cidadão. A tese da coligação de Luciano Ducci é esdrúxula e antidemocrática. Está certa a juíza em seu despacho!, disse o coordenador jurídico de Ratinho.

Comments are closed.