Campanhas culpam “idiota com iniciativa” por panfleto contra Ratinho Junior

* O que era para “detonar” vitimizou o candidato do PSC

Vitimizado, Ratinho foi para o ataque contra panfleto apócrifo. Foto: divulgação.
As duas campanhas que têm interesse direto em “desconstruir” a imagem de Ratinho Junior (PSC), candidato a prefeito de Curitiba, negaram veementemente qualquer relação com a confecção do panfleto falso contra o adversário.

A tropa de Luciano Ducci (PSB) foi mais rápida no gatilho. Logo nas primeiras horas desta manhã jurou de pés juntos que nada tinha a ver com a baixaria e adiantou que tomou medidas judiciais contra o crime. O prefeito teria até telefonado para se solidarizar-se com Ratinho contra os ataques anônimos.

No final desta tarde, Ratinho Jr e seu escudeiro na frente jurídica, o advogado Guilherme Gonçalves, em entrevista coletiva, lamentaram o episódio, prometeram continuar fazendo uma campanha limpa, mas não declinaram nomes dos supostos autores do material falso.

A versão que corria em todas as campanhas era que o panfletão apócrifo contra o candidato do PSC foi obra de um “idiota com iniciativa”.

Na chegada do crepúsculo, Gustavo Fruet (PDT) emitiu nota oficial repudiando esse tipo de baixaria e lembrou que ele também fora vítima de expediente parecido há poucos dias.

Resumo da ópera: Até as capivaras do Parque Barigui sabem quem são os verdadeiros autores dos panfletos da discórdia. Portanto, as campanhas não se atrevem a apontar o dedo para o culpado porque querem evitar melindres e garantir o apoio do perdedor dessa batalha no segundo turno. Ou seja, todos se salvaram — inclusive o “idiota”.

Comments are closed.