Ibope (Ibeto) divulga na sexta nova pesquisa sobre a disputa em Curitiba

O Ibope registrou há pouco uma nova pesquisa sobre a disputa pela prefeitura de Curitiba. Serão entrevistados 602 eleitores entre os dias 19 e 24 de agosto. A contratante é a RPC TV/Gazeta do Povo.

De acordo com informações no site do TSE, a pesquisa Ibope, ou “Ibeto” para as tropas de Gustavo Fruet (PDT) e Ratinho Jr (PSC), será divulgada na sexta-feira (24).

O que chama a atenção no registro da pesquisa, no site do TSE, é a semelhança do registro da Promidia (DataPT), impugnado ontem pela coligação do prefeito Luciano Ducci (PSB), com o Ibope (Ibeto).

Por que o Ibeto pode e Promidia não pode? Com a palavra o Ministério Público Eleitoral.

Será que alguém terá coragem de pedir a censura do Ibeto?

A seguir, compare as informações dos registros da Ibeto (Ibope) e da DataPT (Promidia):

Informações sobre o registro do Ibeto (Ibope):

Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Representativa do eleitorado da área em estudo, elaborada em dois estágios. No primeiro estágio fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários onde as entrevistas serão realizadas, pelo método PPT (probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando o eleitorado como base para tal seleção. No segundo e último estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes foram selecionados através de quotas amostrais, proporcionais em função de variáveis significativas, a saber: Sexo, Idade, Grau de instrução e Ramo de atividade, de acordo com o perfil do eleitorado. O nível econômico é assegurado através do controle das variáveis descritas acima da dispersão geográfica da amostra. Em relação à  ponderação, devido à  metodologia amostral adotada, os fatores de ponderação a serem aplicados em toda as variáveis (sexo, idade, grau de instrução ramo de atividade e posição na ocupação), assumem valor igual a 1(um). O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 4 (quatro) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Informações sobre o registro da DataPT (Promidia):

Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Representativa do eleitorado da área em estudo, elaborada em dois estágios. No primeiro estágio fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários onde as entrevistas serão realizadas, pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando o eleitorado como base para tal seleção. No segundo e último estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes foram selecionados através de quotas amostrais, proporcionais em função de variáveis significativas, a saber: Sexo, Idade, Grau de instrução e Ramo de atividade, de acordo com o perfil do eleitorado. O nível econômico é assegurado através do controle das variáveis descritas acima da dispersão geográfica da amostra. Em relação à  ponderação, devido à  metodologia amostral adotada, os fatores de ponderação a serem aplicados em toda as variáveis (sexo, idade, grau de instrução ramo de atividade e posição na ocupação), assumem valor igual a 1(um). O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Comentários encerrados.