“Fiscal do Greca” também flagra Greca cometendo irregularidade

Veículo de Greca sobe na calçada no Centro. Clique na imagem para ampliar.

Esse é o país da piada pronta, diria o José Simão.

Ontem pela manhã, como registrou este blog, o candidato do PMDB à  prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, lançou um serviço de recrutamento de fiscais para denunciar irregularidades cometidas pelos adversários.

Em menos de 24 horas choveram denúncias. Duas anotadas aqui neste espaço. Ambas relacionadas com infração de trânsito. Uma contra Ducci e outra contra Ratinho Jr.

Pois bem, quem também cometeu pecado contra o Código Brasileiro de Trânsito foi o próprio Greca, como flagrou em foto um de seus éticos fiscais – que pediu para não ser identificado.

Segundo o “Fiscal do Greca”, o peemedebista subiu numa calçada na Avenida Vicente Machado para fazer campanha. O candidato estava acompanhado de seu assessor Almir Bornancin. A transgressão teria sido cometida ontem à  noite, por volta das 22 horas.

Resumo da ópera: A eleição de Curitiba não pode ser reduzida a infrações de trânsito; se for, todos estarão reprovados antecipadamente.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Com tanta coisa para se preocupar e voces ligando se ele pode ou nao parar na garagem de casa.. Francamente ein..

  2. Qua bom! temos um cadidato que sua única irregularidade é uma parada não permitida. Rafael é Curitiba!

  3. A gente, pega leve. Aconteceu sem querer pronto. Mas q tava errado, estava…

  4. eu sabia que essa história do Greca incentivar a fiscalização dos outros pra tentar livrar a dele era zuação!!! só podia né…

    nada ver tentar se passar por correto, por moralista, por certinho e esquecer que ele também está sujeito a erros!

    boa Greca assim sua rejeição aqui na cidade só aumenta

  5. E agora? a historia é a mesma com mudança nos protagonistas. Se ele estava em frente ao seu predio, por lei, se permitido carga e descarga, seria permitido parada de 15min com pisca alerta, se nao cumprido, puniçao.

  6. Ih Greca, e agora? Botou os caras pra trazer os boicotes pra você e acabou boicotado? Tadinho.

  7. Nova proposta! Vamos todos estacionar na calçada na frente de nossas casas! Palhaçada!

  8. Sem comentários, esse Greca como sempre uma comédia…Falastrão!

  9. DEDICADOS!
    Nâo interessa se ficou 2 minutos, 2 horas ou 2 segundos. O fato é que não pode estacionar na calçada e pronto! Estes “admiradores” estão muito dedicados em promover a fefesa do “ômi” mas sem conhecer (ou fazer de conta que não conhecem) um mínimo de legislação de trânsito. E tem mais: que eu saiba, o Greca não dirige. Tem um “motorista” partiocular, que podia muito bem levar o carro á garagem e deixar que o “ômi” atendesse seus dedicados “admiradores”.

  10. O que mais brilha na foto é a careca lustrada do César Setti, aquele mesmo do programa Origens que começa com a musiquinha do uuuuuuuu uuuuuuuu uuuuuuuuuuuuu. Aposto que não estavam falando nada que prestasse.

  11. Ainda bem que o GRECA pediu os fiscais , kkkkk , vamos vigia lo tambem , pois o que mais comete besteiras é ele !
    Deu tiro no pé ! rsrs…

  12. Pelo menos funcionou… denunciou quem o contratou.. hahahahaha

  13. Não coloquem a culpa no Rafael! Eu estava na fila do James e fiz questão de atravessar a rua para prestigiar o Rafael Greca! Eu e um grupo pedimos para ele parar para nós darmos oi para ele e desejar boa sorte. Ele estava entrando na casa dele. Não sejam tão maus. E eram quase 23h. Parem de ser tão moralistas!
    RAFAEL GRECA 15 o prefeito de [email protected]!!!!

  14. O carro parado no portão de entrada da garagem do apartamento do candidato. Ficou parado por menos de 2 minutos para cumprimentar jovens que estavam na fila do Bar James. Os jovens, percebendo que era o Prefeito, pediram para esperar e correram para cumprimentar Rafael, quando perceberam que era o candidato que entrava na garagem de seu prédio.

  15. O Greca (como sempre) um “às” no discurso mas um “asno” no comportamento.