Só maquete não resolve falta de moradias, critica Mirian Gonçalves

Mirian Gonçalves se reúne com moradores do Pilarzinho. Foto: Jader Rocha.

A advogada Mirian Gonçalves (PT), candidata à  vice na chapa de Gustavo Fruet (PDT), reuniu-se ontem à  noite (25) com moradores do Pilarzinho para conversar sobre os problemas do bairro. Uma das principais demandas identificadas no encontro foi a relocação de mais de 50 famílias de áreas de fundo de vale.

A vice de Fruet criticou indiretamente o prefeito Luciano Ducci (PSB): de nada resolve fazer uma maquete, gerar um sonho da casa própria e não cumprir”.

Segundo os moradores, desde 2007, o Governo Federal liberou através do PAC da habitação, na época, R$ 13.765 milhões para relocar as famílias e até agora a COHAB apenas apresentou uma maquete com as novas moradias. As mais de 300 pessoas que vivem na região estão indignadas com o descaso da prefeitura que realizou obras para viabilizar um condomínio de luxo, localizado do outro lado do vale, mas mantém a população carente totalmente desassistida.

Outros graves problemas enfrentados pela população, de acordo com a vice de Fruet, são o esgoto que corre a céu aberto, a falta de pavimentação asfáltica e de iluminação e ainda constantes alagamentos.

Os moradores da região dizem que há apenas uma creche que não atende à  demanda dos moradores. Eles ainda reclamam que as crianças estão totalmente desprovidas de centros de esporte e lazer e acabam brincando nas ruas, sujeitas à  violência e à s doenças como leptospirose, hepatite A, entre outras.

Mirian Gonçalves destacou que de nada resolve fazer uma maquete, gerar um sonho da casa própria e não cumprir. Infelizmente há mais de três décadas a prefeitura de Curitiba governa para uma minoria e nós queremos inverter essa situação, pois gerando trabalho, renda, qualidade de vida para todos, a cidade ganha e passa a ser mais humana, justa, equilibrada e desenvolvida!.

Comentários encerrados.