Petistas rompem com consórcio tucano e lançam Patrus Ananias em Belo Horizonte

via Carta Capital

Patrus Ananias (PT).

A executiva nacional do PT decidiu nesta terça-feira 3 que o partido terá candidato próprio nas eleições municipais em Belo Horizonte. A cúpula petista indicou o ex-ministro do Desenvolvimento Social Patrus Ananias como candidato.

Os petistas mineiros romperam a aliança com Marcio Lacerda (PSB) no último sábado. Lacerda foi eleito numa chapa que, entre outros partidos, tinha PT e PSDB juntos na eleição de 2008. O PT desistiu de apoiar a reeleição do atual prefeito porque o PSB não quis fazer uma aliança nas eleições para a Câmara dos Vereadores. A decisão deve enfraquecer a bancada de vereadores petistas na capital.

Segundo a direção do partido, Lacerda não cumpriu com a sua promessa. O Marcio Lacerda não cumpriu o acordo que estava escrito e, conforme noticiado pela imprensa mineira, a pedido do senador Aécio Neves (PSDB) e do governador (Antonio) Anastasia (PSDB)!, disse o presidente do PT, Rui Falcão, que é deputado estadual em São Paulo.

Após o rompimento com Lacerda, foi feita uma convenção à s pressas que colocou o atual vice-prefeito Roberto Carvalho como candidato do PT. O partido agora deve convencer Carvalho a abdicar de sua candidatura à  prefeitura até quinta-feira 5, data limite do registro na Justiça Eleitoral. Carvalho deve ir nesta quarta-feira a São Paulo para se reunir com a direção do partido.

A direção petista quer a formação de uma comissão estadual com Carvalho, Patrus e o deputado federal Miguel Correa, que seria o candidato à  vice na chapa de Lacerda. Eles esperam que os três referendem a candidatura de Patrus até a data limite, quando deve ser feito um ato solene para lançar o candidato. Do contrário, a executiva do partido pode intervir e impor o nome de Patrus.

Comentários encerrados.